Créditos: Edgar Pinho

CD Paço de Arco, 3 – AD Sanjoanense, 5

Jogo no Pavilhão Desportivo de Paço de Arcos.

Árbitros: Porfírio Fernandes e José Pinto (AP Porto).

CD Paço de Arcos: Diogo Rodrigues, Tiago Gouveia, Rafael Lourenço, Pedro Batista, Énio Abreu, Nelson Ribeiro, Bruno Frade, Diogo Silva, Filipe Fernandes.

Treinador: Luís Duarte.

AD Sanjoanense: Tiago Freitas, Alex Mount, Pedro Cerqueira, Xavi Cardoso, José Almeida, Marco Lopes, João Lima, Tiago Almeida, Pedro Rego, Facundo Navarro.

Treinador: Vítor Pereira.

Marcha do marcador: 1-0 por Pedro Batista (3’), 1-1 por Alex Mount (4’), 1-2 por Tiago Almeida (33’), 1-3 por Tiago Almeida (42’), 2-3 por Nelson Ribeiro (43’), 2-4 por Pedro Cerqueira (44’ ld), 3-4 por Diogo Silva (44’), 3-5 por Alex Mount (47’).

Faltas: CD Paço de Arcos, 13 | AD Sanjoanense, 12.

À quinta jornada, com a deslocação a Paço de Arcos, a Sanjoanense alcançou a primeira vitória no campeonato batendo a equipa local por dois golos de diferença (3-5). Os alvinegros até entraram a perder, com Pedro Batista a colocar a formação da casa no comando do marcador logo aos três minutos de jogo, mas os visitantes, que tal como os locais ainda não conheciam o sabor da vitória, reagiram de imediato e foi por intermédio de Alex Mount que a Sanjoanense chegaria a igualdade a um golo, resultado que se manteria inalterado, durante os 20 minutos seguintes, até ao período de descanso.

Na segunda parte foi preciso esperar cerca de oito minutos para o marcador voltar a funcionar e foi Tiago Almeida que colocou os alvinegros em vantagem e abria caminho para o primeiro triunfo dos homens de S. João da Madeira. O Paço de Arcos, ainda teve a oportunidade para restabelecer a igualdade aos 12 minutos, na sequência de um livre direto resultante da décima falta da Sanjoanense, mas Filipe Fernandes não conseguiu converter e foi Tiago Almeida, pouco depois, que ampliou a vantagem para dois golos (1-3). Mas por pouco tempo, já que a resposta dos locais foi imediata com Nelson Ribeiro a colocar a diferença mínima no marcador.

Decidida a trazer para S. João da Madeira os três pontos, a Sanjoanense aproveitou, pouco depois, um livre direto apontado por Pedro Cerqueira para se voltar a distanciar no marcador, mas, tal como aconteceu instantes antes, o Paço de Arcos diminuía a vantagem dos visitantes (3-4), que a três minutos do final fechavam a contagem com o quinto apontado por Alex Mount.

A próxima jornada realiza-se a 20 de novembro com a Sanjoanense a receber, pelas 21h00, o Sporting CP.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui