O médico de renome internacional deu o primeiro de vários módulos do curso de Harmonização Facial em S. João da Madeira

A Maximiza Sorriso Clínica trouxe pela primeira vez António Celória a S. João da Madeira. Este é um dos médicos ortodontistas mais conceituados do Brasil que criou o primeiro curso de especialização em Harmonização Facial e introduziu o uso do ácido hialurónico na técnica de regeneração das papilas interdentárias e dos colarinhos metálicos em implantes dentários. Também é autor do livro “Harmonização Funcional Orofacial – Arte, Ciência e Prática”.

O primeiro módulo da formação sobre harmonização facial foi dado na semana passada no espaço da Maximiza Sorriso Clínica que abriu ao público em 2015 na Rua da Liberdade em S. João da Madeira.

Os restantes módulos vão ser dados ao longo de um ano, em princípio, sempre na clínica sedeada na cidade sanjoanense.

“Temos bastante interesse em criar uma academia porque as nossas formações são certificadas e têm sempre na ordem de seis a 12 formandos para que possam tirar o maior proveito da teoria e da prática”, explicou José Almeida, administrador da Maximiza Sorriso Clínica, ao labor.

Com esta formação, a clínica pretende “estar na vanguarda desta especialização na região”, revelou o administrador.

“A ortodontia não consegue tudo” foi uma das conclusões a que chegou António Celória depois do tratamento realizado em adultos. Enquanto numa “criança você trabalha com aparelhos que estimulam o crescimento ósseo”, no adulto que “nos procura para fazer uma harmonização, não há mais crescimento, o que os dentes fazem é apenas um movimento, mas a arcada dentária, a estrutura óssea não movimenta mais e aí eu notei que quando a gente fazia os tratamentos o resultado final deixava a desejar em relação à face, mas não em relação aos dentes”, explicou o médico brasileiro.

Desde então, “a gente trabalha toda a parte dentária indo para a face” porque “os dentes e a harmonização facial são um conjunto. O rosto é a moldura dos dentes. Não adianta ter um rosto bonito, mas sorrir com dentes feios e vice-versa”, considerou António Celória ao labor.

“Trabalho com produtos bio sintéticos, aceites pelo organismo, mas não é para a vida inteira. Então é preciso manutenção. Ela é feita a cada quatro, seis meses e aí é para vida toda”, esclareceu o médico brasileiro.

António Celória tem levado o seu trabalho a países como México, Colômbia, Peru, Argentina e mais recentemente Portugal. Um dos seus parceiros é o médico Robert Ray que é conhecido pelo seu trabalho na série “Dr. Hollywood”.

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui