A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de S. João da Madeira promoveu um encontro com o intuito de motivar e sensibilizar para a sua missão no dia 22 de novembro na Torre da Oliva.

Esta iniciativa inseriu-se no programa que assinalou o 30.º aniversário da Convenção dos Direitos da Criança, no âmbito do qual foi promovida também a atividade “Estendal dos Direitos”, com trabalhos alusivos ao tema realizados por alunos das escolas, ATL e outras entidades de S. João da Madeira.

DR

A vereadora Paula Gaio, responsável pela área da Ação Social, realçou a atividade desenvolvida pela CPCJ e manifestou que o Município tem “muita honra” em se juntar à iniciativa, segundo comunicado enviado pelo Município ao labor.

Já Fernando Mendonça, diretor do Centro Distrital de Aveiro da Segurança Social, sublinhou o dinamismo da instituição e agradeceu “a envolvência da Câmara” na iniciativa, adiantando que essas instituições são exemplos “do que é trabalhar em prol da solidariedade social e daqueles que mais necessitam”.

Por seu lado, Micaela Marques, presidente da CPCJ, enfatizou que “o trabalho realizado por esta entidade é fruto de um trabalho de equipa multidisciplinar, como já havia enfatizado a vereadora Paula Gaio, que antes do exercício das funções atuais na autarquia, presidira à estrutura concelhia daquela instituição de proteção de crianças e jovens”.

Esta iniciativa incluiu um world café com o envolvimento de cerca de 70 pessoas, captando a perceção dos participantes sobre situações de risco que ameaçam as crianças e sobre formas de as proteger.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui