Já a maior oportunidade será efetuar investimentos ao nível da eficiência energética e qualificação de equipamentos sociais

 

O Orçamento da Santa Casa da Misericórdia para 2020 é de cerca de sete milhões de euros e foi aprovado unanimemente pelos irmãos em assembleia-geral realizada no dia 29 de novembro.

O orçamento de 2020 “cresce cerca de 500.000 euros, o que representa cerca de 8%” em relação ao de 2019, estando este crescimento assente “no aumento da atividade social como a abertura do Centro de Atividades Ocupacionais (CAO), Apartamento de Autonomização e Restaurante Social, e no incremento de frequência na creche e ensino pré-escolar de Fajões”, afirmou Vitor Gonçalves, adiantando, a pedido do labor, que a maior oportunidade da Santa Casa no próximo ano será “realizar investimentos na área da eficiência energética e da qualificação dos equipamentos sociais, no âmbito do Norte 2020, melhorando a eficiência económico-financeira da sua operação e qualificando o bem-estar dos seus utentes”.

Este é um orçamento que coloca a Misericórdia de S. João da Madeira entre as 15 maiores do país se considerarmos apenas o investimento na ação social que é de cerca de seis milhões (5.970.662,74 euros), ou seja, desconsiderando a saúde (726.472,97 euros), a irmandade (205.112,33 euros) e a administração social (9.882,99 euros).

Para já é “prematuro” avançar com o valor investido pela Santa Casa na área da ação social em 2019 porque “o exercício deste ano não está fechado e estão a decorrer importantes investimentos, justamente no CAO e no Restaurante Social”, esclareceu Vítor Gonçalves, antecipando que “não confirmará o investimento apresentado em orçamento porque alguns investimentos relevantes, dependentes de apoios externos, designadamente comunitários, não encontraram oportunidade”.

Uma vez que a maior fatia do orçamento é dedicada à ação social quisemos saber se poderá estar relacionada com o facto de a população continuar ou estar cada vez mais necessitada, o que para a Misericórdia “quer dizer que está atenta às necessidades sociais e procura recursos para lhes responder”, considerou o diretor de serviços, deixando os dados relativos a esta área para a apresentação do relatório de atividades de 2019 prevista para o 1º trimestre de 2020.

 

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here