AD Sanjoanense, 2 – Ginásio Figueirense, 0

Jogo no Estádio Conde Dias Garcia.

Árbitro: Márcio Torres (AF Viana Castelo).

AD Sanjoanense: Diogo Almeida, Gil Barros, Almeida, Godinho, Daniel, Barbosa, Ricardo, George (Elisson, 67’), Bilu (Marcilío, 67’), Elder Santana, Belkheir (Ibrahim, 84’).

Suplentes: Rui Mota, Ibrahim, Rúben, João Oliveira, Elisson, Bruno Amorim, Marcilío.

Treinador: Sérgio Machado.

Ginásio Figueirense: Miguel Dias, Anomá, Copas (Pimentel, 65’), Ivan, Otávio, Aires (Tomás, 65’), Kojo, Demétrio, Sidibé, Perez (Castelo, 72’), Jonathan.

Suplentes: Gonçalo Carmelo, Claudino Dias, Fábio Lourenço, Tomás, Fábio Pina, Castelo, Pimentel.

Treinador: Jorge Cardoso.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Sidibé (29’), Perez (48’), Otávio (57’), Elder Santana (57’), Demétrio (60’), Ricardo (64’), Ricardo (71’), Tomás (78’), Anomá (80’), Diogo Almeida (88’), Otávio (90’). Cartão vermelho para Ricardo (71’), Otávio (90’).

Ao intervalo: 0-0.

Marcha do marcador: 1-0 por Barbosa (50’), 2-0 por Belkheir (53’).

A Sanjoanense aproveitou o empate do Lourosa e com a vitória em casa, na receção ao Ginásio Figueirense, aproximou-se do segundo lugar da classificação.

Com as duas equipas separadas por 16 pontos, com os visitantes inseridos nos lugares de despromoção, esperava-se uma partida acessível para os alvinegros, mas um relvado saturado, devido ao mau tempo que se fez sentir ao longo de domingo, complicou o trabalho dos homens de Sérgio Machado que, ainda assim, foi quem melhor conseguiu reagir às dificuldades e aos poucos procuraram tomar conta da partida. Não foi, por isso, de estranhar que a primeira situação de perigo surgiu do lado alvinegro, mas o remate de Barbosa, logo aos 10 minutos saiu ao lado da baliza à guarda de Miguel Dias, que pouco depois negava o golo a Belkheir. O avançado voltaria a insistir já perto do período de descanso, mas o guardião visitante segurou o nulo até ao intervalo.

Na segunda parte a Sanjoanense mostrou ainda mais vontade de regressar aos triunfos, depois do empate (0-0) na jornada anterior, e com cinco minutos de jogo os locais chegavam à tranquilidade na sequência de um lance de bola parada, com Barbosa a desviar para o fundo das redes um canto cobrado por Gil Barros.

Parecia estar aberto o caminho para o triunfo e não foi preciso esperar muito para confirmar a conquista de mais três pontos quando, cerca de três minutos depois, aproveitando uma falha defensiva do Ginásio Figueirense, Belkheir, na recarga de um primeiro remate de Elder Santana, fixou o resultado final.

Com mais de meia hora para jogar a Sanjoanense manteve-se mais perigosa, mas até ao final o resultado não voltaria a sofrer alterações.

Com este triunfo a Sanjoanense aproximou-se do segundo lugar, que é ocupado pelo Lourosa – que empatou na deslocação a paredes (1-1) – com dois pontos de vantagem sobre os alvinegros.

Depois de dois jogos consecutivos em casa, no próximo dia 15 de dezembro a Sanjoanense desloca-se ao recinto do Leça FC.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here