Esta Câmara, nem as boas ideias consegue aproveitar?

0
94

Até quando a Câmara Municipal vai continuar a deixar os Sanjoanenses à espera de soluções?

Agora que se aproxima o final do ano de 2019, espero que este executivo socialista abandone a postura do “deixar andar e ver se as coisas se resolvem por elas próprias”. São inúmeros os maus exemplos, dados por esta autarquia, sendo que o último que chegou à imprensa nacional é o caso das famílias que estão há um ano à espera que se faça a cremação dos restos mortais do (s) seu (s) ente (s) querido (s), para poderem passar das sepulturas para os ossários. Ossários esses que estão pagos e atribuídos há mais de um ano.

A justificação, oferecida pela Câmara Municipal, é de que não há coveiros suficientes para a execução deste trabalho. A minha pergunta é simples: e então? Não se pode abrir concurso para contratar? E, se esses concursos não se preencherem não se pode formar alguém, internamente, para essa posição? E, se temos neste momento um acumular de cremações que estão há tanto tempo à espera, não se pode contratar um serviço externo para pelo menos aliviar essa lista de espera?

A solução de contratar uma empresa, para estes serviços, que a Câmara Municipal deixou atrasar pode, de facto onerar a Câmara Municipal, mas é um custo que esta pode e deve acatar sem refletir nos munícipes, uma vez que a capacidade do crematório está longe de estar a ser utilizada em pleno e este custo (a existir) não será de certo culpa dos sanjoanenses, mas sim deste executivo socialista, devido à sua falta de planeamento e atenção.

Entendo que os funerais devem ter prioridade sobre os restantes serviços, mas ver este serviço definhar por falta de mão de obra faz adivinhar que qualquer dia até para se falecer e ser sepultado em S. João da Madeira temos de ter autorização do executivo para entrar numa lista de espera, de forma a não onerar ou subcarregar a Câmara Municipal.

Passado que está o dia de Natal foi uma valente desilusão (mais uma culpa deste executivo) ver que a pista de gelo se encontrava fechada nestes poucos dias de sol (24 e 25 de dezembro), que conjugada com a disponibilidade habitual das famílias nesta quadra, denota um desprezo pelos Sanjoanenses. Não consigo entender as razões, que sei não terem sido de ordem técnica para fechar a pista nesta altura.

Fui, inclusive, confirmar se haveria alguma informação no site ou nas redes sociais da Câmara que indicasse que a pista estaria encerrada nos dias 24 e 25 mas, efetivamente, aquilo que encontrei foi o oposto, ou seja, que a pista funcionaria no dia 24 das 10h00 às 18h00 e nos feriados das 10h00 às 22h00, será que se esqueceram?

Reafirmo que a pista de gelo foi uma excelente ideia, mas pelos vistos tratou-se apenas de um monumento temporário, onde as famílias podem ir ver, mas não podem andar. Então, de que adianta publicitar aos quatro ventos que temos uma coisa única se, efetivamente, não cumpre, minimamente, com esses objetivos? Foi dinheiro que podia ter sido muito bem gasto, mas assim foi dinheiro público que se… derreteu? É um desperdício de oportunidades…

Espero que 2020 traga melhorias, e para todos, um excelente ano de 2020 cheio de saúde, paz e sucesso!

Eu quero mais para a minha cidade!

Ricardo Mota

Presidente da Comissão Política Concelhia do CDS-PP de S. João da Madeira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...