Créditos: António Lucas Ferreira

CDRC S. Martinho de Mouros, 5 – Dínamo Sanjoanense, 3

Jogo no Pavilhão Municipal de S. Martinho de Mouros, Resende.

Árbitros: Gonçalo Moreira e Hugo Xavier.

CDRC S. Martinho de Mouros: Ronaldo Carvalho, Sandro Gomes, José Monteiro, Tiago Morais, Nuno Padilha, André Sousa, Jorge Monteiro, Marcelo Varandas, Luís Alves, Tiago Oliveira, Vítor Ribeiro, Fábio Pereira, Diogo Bernardino.

Treinador: Renato Costa.

Dínamo Sanjoanense: Nuno Couto, Chico Leitão, Diogo Tavares, Nando Costa, João Carvalho, Miguel Isolino, Valter Batista, Xavier Moreira, Pedro Gomes, Emídio Baptista, Tiago Silva, Pedro Sousa.

Treinador: Luís Almeida.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Carvalho (4’), Sandro Gomes (4’), Tiago Morais (17’), Chico leitão (23’), Nuno Padilha (23’), Marcelo Varandas (26’), José Monteiro (37’). Cartão vermelho para Diogo Tavares (12’).

Marcha do marcador: 0-1 por Luís Alves (5’ pb), 1-1 por Nuno Padilha (8’), 2-1 por Tiago Morais (11’), 3-1 por Tiago Morais (12’ gp), 3-2 por Nando Costa (22’), 4-2 por Luís Alves (25’), 5-2 por José Monteiro (33’), 5-3 por João Carvalho (37’).

Ao intervalo: 3-1.

O Dínamo Sanjoanense, que ainda não tinha perdido esta época em jogos para o campeonato, sofreu a primeira derrota no último fim de semana na deslocação a S. Martinho de Mouros.

O conjunto de S. João da Madeira, que em finais de dezembro tinha sido afastado da Taça de Portugal por um adversário da Liga Placard reagiu bem à derrota e no regresso do campeonato bateu o Saavedra Guedes, mas nesta última jornada os homens de Luís Almeida não conseguiram ultrapassar um adversário posicionado a meio da tabela classificativa.

O jogo até começou bem para a equipa que viajou de S. João da Madeira, que aos cinco minutos beneficiou de uma infelicidade dos locais, com Luís Alves a introduzir a bola na própria baliza, para assumir o comando do marcador. O desaire não abalou o S. Martinho de Mouros e à passagem do quarto de hora os homens da casa já tinham invertido o resultado e chegavam ao intervalo a vencer por 3-1.

Na segunda parte esperava-se uma reação do Dínamo Sanjoanense e a equipa até parecia ter entrado decidida a inverter a marcha do marcador, com Nando Costa a reduzir a diferença (3-2) logo aos dois minutos, mas o quarto golo do S. Martinho de Mouros pouco depois abalou o conjunto de S. João da Madeira, que acabaria por consentir o 5-2. Com o encontro a caminhar para o fim o Dínamo tentou reagir e João Carvalho ainda reduziu, mas não conseguiu evitar a derrota.

Apesar do desaire, o conjunto sanjoanense lidera isolado a classificação, com seis pontos de vantagem sobre o ABC Nelas, que é o próximo adversário do Dínamo.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui