Na primeira volta o ex-líder da bancada do partido venceu o atual presidente em S. João da Madeira

 

As eleições para escolher o presidente da Comissão Política Nacional e os delegados ao Congresso do PSD realizaram-se no dia 11 de janeiro.

Num universo de 277 inscritos, votaram 219 militantes na Concelhia Política do PSD em S. João da Madeira.

Desses 219 votos, 136 foram atribuídos a Luís Montenegro, 79 a Rui Rio e nenhum a Miguel Pinto Luz.

Neste ato eleitoral cujos resultados deram a vitória a Luís Montenegro em S. João da Madeira, foram ainda registados três votos brancos e um nulo, adiantou a Concelhia Política do PSD.

Apesar da vitória em S. João da Madeira, Luís Montenegro perdeu para Rui Rio no distrito de Aveiro e no resultado global a nível nacional.

No distrito de Aveiro, Rui Rio teve 2116 votos, Luís Montenegro 1523 e Miguel Pinto Luz 38 votos, com o registo de 23 brancos e 26 nulos.

Já nível nacional Rui Rio arrecadou 49,02% dos votos, logo a seguir Luís Montenegro conseguiu 41,42% e Miguel Pinto Luz recebeu 9,55%, tendo sido ainda contabilizados 224 votos brancos e 145 nulos.

Das 306 secções de voto apuradas, ficaram 12 por apurar. Uma delas foi a secção de Alter do Chão, distrito de Portalegre, e as restantes 11 relativas à Madeira, onde os votos não foram contabilizados por falta de conformidade dos cadernos eleitorais.

Uma vez que nenhum dos candidatos atingiu 50% dos votos, Rui Rio e Luís Montenegro voltam a defrontar-se numa segunda volta eleitoral marcada para este sábado, dia 18 de janeiro. Esta é a primeira vez que há uma segunda volta em eleições diretas no PSD. A nova direção vai tomar posse no 38º Congresso do partido agendado para os dias 7, 8 e 9 de fevereiro em Viana do Castelo.

Duas listas elegeram quatro delegados sanjoanenses para o congresso do partido

Na eleição dos deputados para o congresso, a concelhia teve à votação duas listas. A Lista A encabeçada por Manuel Castro Almeida obteve 156 votos e a Lista R encabeçada por José Oliveira Bastos teve 61 votos. No seguimento destes resultados, a Lista A elegeu três delegados (Castro Almeida, Susana Lamas e Rui Costa) e a Lista R apenas um (Oliveira Bastos).

“Tenho o maior gosto em representar os militantes do PSD de S. João da Madeira no próximo congresso juntamente com a Dr.ª Susana Lamas, o Dr. Rui Costa e o Eng.º Oliveira Bastos”, disse Castro Almeida ao labor.

Em relação à possibilidade de apoiar publicamente o candidato Luís Montenegro à liderança do partido, depois de ter-se demitido do cargo de vice-presidente do PSD nacional durante a liderança de Rui Rio, ao que tudo indica devido a discordâncias sobre a forma como estavam a ser dirigidos os destinos dos sociais-democratas, Castro Almeida não prestou declarações ao nosso jornal.

Por sua vez, Oliveira Bastos assumiu apoiar Rui Rio, mas não quis comentar os resultados destas duas eleições na concelhia de S. João da Madeira. Apenas disse ao nosso jornal que Rui Rio teve “uma vitória quase por maioria absoluta a nível nacional e isso é o essencial”.

 

 

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui