O Associativismo impulsiona São João da Madeira!

0
95

S. João da Madeira sempre foi uma cidade de grande vitalidade associativa e os vários executivos camarários que geriram a autarquia, sempre fomentaram e apoiaram este associativo. Somos um grande concelho que consegue rivalizar com qualquer outro, sem importar a dimensão territorial. Temos associações desportivas com um sem fim de modalidades e cujo número continua a crescer, sendo a última o surf, e bem! Cresce também, o número de atletas de todos os escalões dos vários desportos existentes na cidade, a ponto de se poder dizer que os espaços existentes em São João da Madeira já são poucos para tantos atletas e modalidades existentes por cá.

Isso é muito bom! Sei que não é fácil a gestão de tanto património e, de tantos que são os pedidos por mais tempo, mais espaço, assim como de mais e melhores condições.

Já aqui tinha alertado aquando do voto contra no Orçamento da autarquia, que haver uma rubrica para os campos de ténis de cinco euros é, claramente, insuficiente. Se é certo que o espaço existente não se degradou apenas nos últimos dois anos, também é certo dizer que pouco ou nada esta autarquia fez para reverter esta situação neste mandato.

Podem ser as Associações a tratar da manutenção dos equipamentos que utilizam, mas não o devem fazer e, tanto quanto sei já não é de hoje que as associações pedem, para que se olhe para os equipamentos com olhos postos no futuro, pois chegamos a um momento em que não basta tratar de manter o património, pois é preciso adaptá-lo às necessidades atuais de cada um dos desportos.

É importante, que no ponto de vista dos equipamentos desportivos se faça um plano de requalificação que transponha estes equipamentos para o esplendor que merecem. S. João da Madeira, aquando da abertura dos campos de ténis, das Piscinas interiores e exteriores, do Centro de Formação Desportiva e do Pavilhão das Travessas foi sempre inovador e, cada um destes equipamentos na altura demonstrava aquilo que era a essência da nossa cidade. Estar sempre um passo à frente de todos os outros concelhos da região e do país.

Ainda no âmbito do associativismo, parabenizo a autarquia pela seriedade com que anularam a votação do concurso das rotundas, se estava mal tinha de ser anulado. Apesar, de imaginar o quão frustrante deve ter sido para as associações depois de se terem empenhado tanto para a realização das rotundas, ver que afinal houve desleixo no acompanhamento da votação e, que mesmo depois de informados de que havia uma grande maioria de votos que não tinham sido validados sem explicação, se tenham anunciado os vencedores.

Sendo que haverá nova votação, é expectável que o método de validação dos votos seja pelo menos mais credível, de forma a validar o esforço que todas estas pessoas que dão muito do seu tempo pelas suas Associações sem pedir nada em troca se sintam validadas e que se dignifique este concurso tão acarinhado por todos os Sanjoanenses.

Eu quero mais para a minha cidade!

Ricardo Mota

Presidente da Comissão Política Concelhia do CDS-PP de São João da Madeira

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui