Polícia deteve três pessoas em situação ilegal

0
200
DR

E por alegada tentativa de furto a empresário

 

A Polícia de Segurança Pública (PSP) deteve três pessoas de nacionalidade estrangeira por permanência ilegal e alegada tentativa de furto a um empresário no dia 9 de janeiro, pelas 19h00, em S. João da Madeira.

Após ter sido pedida a sua intervenção, “a PSP intercetou os suspeitos, dois homens e uma mulher de 27, 39 e 33 anos, que tinham seguido o empresário de 43 anos até a um restaurante, situado em S. João da Madeira, após este ter levantado uma quantia avultada de dinheiro numa dependência bancária e encontrado a sua viatura com um dos pneus vazio”.

Como é conhecimento da polícia, “este é um dos modus operandi de alguns indivíduos que visam praticar furto na via pública, os quais, oferecendo ajuda à vítima na troca de um pneu furado, aproveitam a oportunidade para furtarem quantias avultadas que momentos antes haviam sido levantadas em dependência bancária”. Neste caso, os agentes policiais “monitorizaram a movimentação dos suspeitos, tendo vindo a intercetá-los”. Ao longo desta abordagem, apuraram ainda que “os suspeitos se encontravam no país em situação ilegal, tendo sido apreendidos 435 euros, 826 libras inglesas, 303 dólares americanos e 2.200 escudos Cabo-Verdianos, por suspeita de proveniência ilícita, e ainda um objeto metálico, em forma de espigão”, informou o Comando Distrital de Aveiro da Polícia em comunicado enviado ao labor.

Os detidos foram presentes ao Tribunal Judicial de S. João da Madeira no dia 10 de janeiro, pelas 14h00, e até ao fecho da edição ainda aguardavam o resultado das diligências da investigação nas instalações da Direção Regional Norte do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) no Porto, confirmou fonte policial do Comando Distrital de Aveiro da Polícia ao labor.

 

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui