Artistas de palmo e meio encheram o palco de talento

0
112
DR

A Associação de Promoção da Juventude (APROJ), em conjunto com o seu parceiro Armazém 4, estreou o mais recente trabalho do grupo de teatro musical “Artes de Palco”, no dia 18 de janeiro, nos Paços da Cultura.

Nesta II edição do “Cortinas”, a APROJ levou “a cena mais uma peça original, escrita pelo professor Rui Alves, que nos relembra que a família é dos elementos mais importantes das nossas vidas. E que, mesmo que chegue o dia em que não consigamos recordar quem somos ou onde estamos, o que queremos ou para onde vamos, haverá sempre alguém que nos mostrará o que vale realmente a pena, com amor”.

O público que marcou presença nos Paços da Cultura foi “unânime quanto à evolução dos pequenos grandes artistas nas várias disciplinas artísticas (dança, canto e na representação)” e os vários professores que trabalharam com o grupo “realçaram a sensibilidade que os alunos demonstraram, desde o primeiro dia, em que receberam o guião até ao espetáculo, mostrando a importância do tema aos seus familiares atingindo assim o objetivo principal deste trabalho”, afirmou a APROJ em comunicado enviado ao labor.

“A mensagem foi passada na íntegra, como idealizámos, e não há nada que mais nos orgulhe do que assistirmos ao crescimento de valores destes pequenos artistas enquanto pessoas, percebendo um tema tão especial como é o Alzheimer”, considerou a presidente da associação Rita Azevedo, deixando em nome da APROJ um agradecimento pelo apoio ao Município e ao Armazém 4.

O próximo desafio do grupo será a participação no XIV Festival de Teatro de S. João da Madeira.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui