ADS vence e garante presença na fase de subida

Campeonato Nacional da 2.ª Divisão - Zona 2

0
23

Estarreja AC, 25 – AD Sanjoanense, 28

Jogo no Municipal de Estarreja.

Árbitros: Eurico Nicolau e Ivan Caçador.

Estarreja AC: Daniel Castro, João Valinho, José Oliveira (4), Alberto Silva (5), João Valente, Sandro Gomes, Marco Ferreira (1), João Santos, Tiago Arrojado (2), Diogo Taboada (6), Rúben Valente, Pedro Oliveira, João Vilar (7), Jorge Valinho, Bruno Marques, Bernardo Marques.

Treinador: Carlos Tavares.

AD Sanjoanense: Ricardo Gaspar, Orlando Correia, Francisco Silva (4), António Devile, Ricardo Pinho (1), Álvaro Queirós (4), Bruno Castro (3), Tiago Antunes (2), Rui Rodrigues (5), Guilherme Silva (2), Bruno Pinho (6), João Gonçalves, Lourenço Santos, Pedro Pires (1).

Treinador: Nuno Silva.

Ao intervalo: 12-13.

A Sanjoanense venceu na deslocação a Estarreja e carimbou a passagem à fase de acesso à 1.ª Divisão a três jornadas do fim.

O jogo para defrontar o terceiro classificado não se esperava fácil, mas a equipa alvinegra, que neste momento comanda a zona 2 da 2.ª Divisão, realizou uma boa exibição conseguindo chegar ao intervalo já em vantagem, mas com uma escassa margem que deixava tudo em aberto para a etapa complementar.

Na segunda parte os alvinegros conseguiram manter o foco e o controlo da partida e com um parcial favorável de 13-15 conquistaram mais três pontos num jogo onde Bruno Pinho esteve em destaque na Sanjoanense com a obtenção de seis golos. Já pelo Estarreja o melhor marcador foi João Vilar, com sete golos.

No final a satisfação na comitiva alvinegra era evidente pela obtenção de um triunfo importante, mas José Pedro Silva, responsável pelo andebol da Sanjoanense, deixava um alerta. “Vamos continuar a lutar pelas vitórias, pois a subida de divisão aparece como um patamar perfeitamente alcançável, mas se a falta de apoios que se tem sentido continuar faremos, sem hesitar, uma travagem a fundo”, referiu o dirigente, confessando que sente que “a cidade não quer o andebol na 1.ª Divisão”. “Como não andamos aqui pelos nossos egos, os objetivos devem ser um reflexo do que os aficionados querem. É simples. Este ano fizemos uma escolha criteriosa e temos um dos orçamentos mais baixos dos últimos anos. O mérito é todo da equipa técnica, que foi quem fez as escolhas dentro das limitações que tinha. Com pouco fazemos muito”, acrescentou José Pedro Silva, sublinhando facto de a equipa ainda não ter, nesta altura, um patrocinador principal. “Acham que vamos subir assim? Por mim não.”, concluiu.

No próximo dia 1 a Sanjoanense recebe, no Pavilhão das Travessas, o Alavarium AC.

Agenda
Seniores masculinos
Sanjoanense-Alavarium
Dia 1, às 19h00, Pavilhão Travessas
Seniores femininos
Sanjoanense-SIR 1.º Maio
Dia 1, às 15h00, Pavilhão Travessas
Juvenis masculinos
Alavarium-Sanjoanense
Dia 1, às 15H00, Alavarium
Juvenis femininos
LAAC-Sanjoanense
Dia 1, às 16h00, Gimno Aguada Cima
Infantis masculinos
Sanjoanense-Avanca
Dia 1, às 11h00, Pavilhão Travessas
Veteranos masculinos
Sanjoanense-Alavarium
Dia 2, às 17h00, Pavilhão Travessas
Juniores masculinos
Xico Andebol-Sanjoanense
Dia 2, às 12h00, F. Holanda-Guimarães
Iniciados masculinos
Sanjoanense A-Estarreja
Dia 2, às 15h00, Pavilhão Travessas
Iniciados masculinos
Académica-Sanjoanense B
Dia 2, às 09h30, Pavilhão Travessas
Iniciados femininos
Sanjoanense-Monte
Dia 2, às 11h00, Pavilhão Travessas
Minis masculinos
Alavarium-Sanjoanense
Dia 2, às 11h45, Alavarium
Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui