E de resolução do problema no telhado do café ali existente

Depois de ter visitado o Parque Municipal Ferreira de Castro, Paulo Cavaleiro disse na reunião de câmara, realizada a 22 de janeiro, que “parece que alguém não lá vai há algum tempo” depois de ter visto “um passeio cheio de terra e até já lá nasceu relva”.

No entender do vereador da oposição (coligação PSD/CDS-PP), “a manutenção tem de atacar as pequenas coisas para que não evoluam”. “Acho que é mesmo falta de cuidado”, disse Paulo Cavaleiro, com base naquilo que viu no parque, aproveitando para incitar os socialistas, agora no poder, pelo facto de quando estavam na oposição “gostavam muito de criticar e agora que têm a função não melhoraram”. O vereador da oposição alertou ainda o executivo em relação ao café que lá está, propriedade do Município que está a ser explorado por terceiros, porque “tem um sarilho no telhado por resolver” e ao qual “a câmara não responde”. Acima de tudo está em causa “uma questão de valorização do equipamento”, indicou Paulo Cavaleiro.

“O cenário não é esse cenário caótico que o senhor pinta”

Além das críticas, “também era justo salientar a grande intervenção no Parque Ferreira de Castro no início do mandato”, considerou o presidente da câmara, admitindo que já não vai lá “há duas ou três semanas”, mas costuma ir lá “frequentemente”.

Em relação ao estado deste espaço verde da cidade em particular, “o cenário não é esse cenário caótico que o senhor pinta. Está muito longe”, esclareceu Jorge Sequeira, pedindo aos vereadores da oposição ou a qualquer outro munícipe para que “sempre que houver algum problema, digam o problema” porque “não estamos aqui para esconder os problemas, não somos tapadores de problemas e estamos aqui para resolver os problemas”. Por sua vez, Paulo Cavaleiro relembrou que “quem lançou a empreitada foi o executivo anterior (liderado pela coligação PSD/CDS-PP)”.

“Situação está referenciada e em avaliação”

O Município disse que “o executivo atual, quando tomou posse, identificou situações de falta de manutenção, que gradualmente tem vindo a corrigir, com prioridade para os estabelecimentos escolares”, especificando que este parque “já foi intervencionado no atual mandato, incluindo a reabilitação do lago, a colocação de mais iluminação e o tratamento da área verde, além de ter recebido iluminação de Natal e de ter sido palco para teatro, entre outras iniciativas de valorização deste espaço”.  Já em relação ao problema do telhado existente no café, “a situação concreta referida está referenciada e em avaliação pela autarquia”, informou o Município depois de questionado pelo labor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...