Estacionamento está caótico, e todos olhamos para o lado!

0
107

Nestas últimas semanas e depois da ressaca da época natalícia, tenho sido muitas vezes interpelado por pessoas em S. João da Madeira queixando-se da falta de civismo. Até aqui nada de novo e é assunto recorrente pela mudança geracional, em que assistimos ao desprender de valores na educação cívica, atualmente. O que é novo é a maioria dessas pessoas atribuir esta situação à atuação das autoridades. Argumento eu que, com um efetivo tão pequeno, como o que as forças de segurança têm em S. João da Madeira, é impossível estar em todo lado ao mesmo tempo e controlar por exemplo, o estacionamento.

O estacionamento em S. João da Madeira está totalmente descontrolado, o abuso de estacionamento sem pagamento do parcómetro e o consequente estacionamento em segunda fila, fazem agudizar o trânsito em várias artérias da nossa cidade.

O pouco policiamento possível e a fiscalização do estacionamento intermitente quase que promovem a tentação de abusar desse mesmo estacionamento, juntando-se a isso alguma falta de civismo de algumas pessoas, que para tratarem de situações breves, optam por estacionar em segunda fila por falta de estacionamento livre provocando, desta forma estrangulamento na fluidez do trânsito e stress em quem tenta sair do estacionamento e não consegue por estar bloqueado por esses mesmos carros.

Sou grande fã do comércio local de proximidade. No entanto, são poucos os comerciantes que percebem que se estacionarem o seu carro em frente à sua loja, durante todo o horário de expediente, provavelmente, haverá menos um lugar de estacionamento livre para um potencial cliente que se deslocará a outra sua concorrente, onde o estacionamento esteja livre.

A nossa cidade tem muitas avenidas com duas vias para cada lado, mas sempre que um automóvel pára em segunda fila, estrangula e provoca constrangimentos na fluidez do trânsito. São muitos os exemplos, até de estacionamento em cima dos passeios, nas rotundas propriamente ditas, para já não falar do estacionamento em segunda fila a tapar os estacionamentos para pessoas com dificuldades de mobilidade.

Se todos nos esforçarmos para não estacionarmos onde não se pode, se cumprirmos com os horários máximos dos parcómetros, se para paragens, mesmo que curtas, não estacionarmos em segunda fila, de certo contribuiremos para uma melhoria da qualidade de vida na nossa cidade.

Se, a par disso, as autoridades, para além da atividade fiscalizadora, conseguirem ter uma presença de proximidade que seja dissuasora destes maus comportamentos, se a câmara municipal inovar na gestão do estacionamento, facilitando por exemplo, novas formas de pagamento e contribuir ativamente para uma maior racionalização do mesmo, teremos de certo uma cidade com ainda melhor qualidade de vida.

Eu quero mais para a minha cidade!

Ricardo Mota

Presidente da Comissão Política Concelhiado CDS-PP de S. João da Madeira

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui