CF Canelas 2010, 0 – AD Sanjoanense, 0

Jogo no Estádio do Canelas Gaia Futebol Clube.

Árbitro: Miguel Silva, auxiliado por Tiago Fernandes e Márcio Azevedo (AF Lisboa).

CF Canelas 2010: Raphael Melo, Luís Simão, William Salomão, Nando (Odailson, 60’), David Santos, Pami, Francisco Sousa (Fernando Madureira, 77’), Fábio Rola, Vítor Borges, Zakary (Rafa, 60’), Onyeka.

Suplentes: João Matos, Odailson, Emerson, Rafa, Fernando Madureira, Miguel Gomes, Leonardo Rodrigues.

Treinador: Tiago Margarido

AD Sanjoanense: Diogo Almeida, Gil Barros, Ruben, Daniel, Ibrahim, Barbosa, Ricardo, George (Elisson, 92’), Belkheir, Elder Santana e Paulinho (Marcílio, 81’).

Suplentes: Rui Mota, Manuel Godinho, João Oliveira, Elisson, Juninho, Bruno Amorim, Marcílio.

Treinador: Sérgio Machado.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Belkheir (7’), William Salomão (47’).

A Sanjoanense não foi além de um empate sem golos na deslocação a Canelas, e perdeu terreno para os adversários na luta pelos lugares que dão acesso ao play-off de promoção.

Depois da vitória em casa na primeira volta, com um golo alcançado no último minuto e que acabou por dar origem a desacatos que se estenderam à zona dos balneários, a deslocação da Sanjoanense a Canelas era encarada com algumas cautelas, mas o jogo acabou por decorrer dentro da normalidade fora das quatro linhas.

Já dentro de campo assistiu-se a uma partida intensa, dura e escassa em oportunidades, onde os homens que viajaram de S. João da Madeira estiveram melhor nos minutos iniciais, mas sem criar grande perigo para a baliza dos locais. Diogo Almeida também não teve grandes calafrios, ainda que perto da meia hora tenha visto Onyeka isolar-se, mas o nigeriano não conseguiu controlar a bola e desperdiçou a oportunidade.

A segunda parte trouxe melhorias e melhores oportunidades, ainda que nenhuma tenha terminado de forma eficaz. Fábio Rola e Francisco Sousa ainda tentaram, mas viram Diogo Almeida negar o golo, por duas vezes, aos locais em pouco mais de 10 minutos. Do lado alvinegro Elder e Paulinho também tentaram a sorte, mas foi Barbosa que esteve mais perto do golo quando a nove minutos do final, na sequência de um pontapé de canto, o cabeceamento do médio saiu à trave da baliza de Raphael Melo.

Com este empate a Sanjoanense caiu para a sexta posição e perdeu terreno para o Leça e Espinho, que venceram as respetivas partidas. O desfecho não foi melhor para o líder Arouca e o Lourosa, que também dividiram pontos.

No próximo domingo a Sanjoanense recebe no Estádio Conde Dias Garcia, pelas 15h00, o Trofense, equipa que luta por sair dos lugares de despromoção.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here