AD Sanjoanense, 9 – Riba d´Ave, 4

Jogo no Pavilhão da Associação Desportiva Sanjoanense.

Árbitros: Manuel Oliveira e António Santos (AP Aveiro).

AD Sanjoanense: Tiago Freitas (gr), Xavi Cardoso, Facundo Navarro, José Almeida e Pedro Cerqueira.

Suplentes: Hugo Santos, João Lima, Alex Mout, Tiago Almeida e Marco Lopes (gr) (cap).

Treinador: Vítor Pereira

Riba d´Ave HC: Diogo Fernandes (gr), Tomás Pereira, Diogo Casanova, Diogo Seixas e Hugo Azevedo.

Suplentes: Nuno Pereira, Luís Melo, Daniel Pinheiro, Dinis Abreu e Pedro Freitas (gr).

Treinador: Hugo Azevedo.

Ao intervalo: 2-0.

Ação disciplinar: Cartão azul para Diogo Seixas (7’), Xavi Cardoso (29’), Luís Melo (48’).

Faltas: AD Sanjoanense, 13 | Riba d’Ave, 15

Marcha do marcador: 1-0 por Facundo Navarro (7’), 2-0 por Tiago Almeida (16’), 3-0 por Facundo Navarro (27’), 3-1 por Diogo Casanova (29’), 4-1 por José Almeida (33’), 5-1 por Xavi Cardoso (34’), 5-2 por Hugo Azevedo (36’), 5-3 por Diogo Casanova (37’), 6-3 por Xavi Cardoso (37’), 7-3 por Xavi Cardoso (40’), 8-3 por Facundo Navarro (40’), 8-4 por Diogo Seixas (42’), 9-4 por Tiago Almeida (50’).

Num jogo entre duas equipas coladas na classificação, que lutam por se distanciarem dos lugares de despromoção, e com um ambiente tenso fora das quatro linhas, a Sanjoanense redimiu-se da derrota da primeira volta (7-5), na deslocação ao Pavilhão das Tílias, e goleou, em casa, a equipa do Riba d’Ave.

Procurando reagir às duas últimas derrotas consecutivas, os alvinegros entraram bem na partida, e foi num lance de bola parada que os locais começavam a abrir caminho para um triunfo consistente, quando aos sete minutos de jogo Facundo Navarro, de livre direto, inaugurava o marcador. Os visitantes tentaram reagir e Dinis Abreu ainda enviou uma bola ao ferro, mas 10 minutos volvidos Tiago Almeida aproveita um primeiro remate de Pedro Cerqueira para ampliar a vantagem, que acabaria por se manter até ao intervalo, ainda que a três minutos do descanso o Riba d’Ave tenha estado perto do golo através de uma grande penalidade. Tiago Freitas foi um muro autêntico e por duas vezes consecutivas travou o remate de Tomás Pereira.

A segunda parte foi bem diferente. Mais eficaz, a Sanjoanense foi a melhor equipa e logo aos dois minutos o argentino Facundo Navarro bisava na partida e dava mais tranquilidade aos homens de Vítor Pereira. Mas a reação do Riba d’Ave não tardou, com Diogo Cardoso a converter um livre direto após azul mostrado a Xavi Cardoso, que depois de dois minutos no banco regressou para, juntamente com José Almeida, colocar o marcador nos 5-1.

O jogo parecia bem encaminhado para os locais, mas dois golos dos visitantes em apenas um minuto (5-3) pareciam lançar o Riba d’Ave na recuperação, mas a resposta da Sanjoanense não podia ter sido melhor e foi por intermédio de Xavi Cardoso que veio a resposta, primeiro com um forte remate e depois aproveitando um passe de Alex Mount para bater Diogo Fernandes pela terceira vez e colocar o resultado nos 7-3. O argentino quis seguir o exemplo e logo depois, novamente de livre direto, apontava o terceiro da sua conta pessoal.

O Riba d’Ave ainda chegou ao quarto, mas foi Tiago Almeida que fechou a contagem a 30 segundos do final, com mais um livre direto e já depois de Pedro Cerqueira e Hugo Santos não terem conseguido converter dois lances de bola parada.

No próximo sábado a Sanjoanense desloca-se ao recinto da equipa vizinha de Oliveira de Azeméis.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui