Nuno Castro foi o único aluno de uma escola secundária pública a subir ao pódio nesta competição que envolveu mais de quatro centenas de jovens, entre os 17 e os 25 anos 

Nuno Castro e Gonçalo Oliveira, da Escola Básica e Secundária Dr. Serafim Leite, participaram no Campeonato Nacional das Profissões – SkillsPortugal Setúbal 2020, que decorreu em Setúbal, entre 9 e 14 de fevereiro. Ambos alunos do curso de Programação e Gestão de Sistemas Informáticos (12ºC), concorreram nas categorias “APPS Dispositivos Móveis” e “APPS Informáticas Empresariais”, respetivamente, tendo o primeiro deles alcançado a medalha de bronze e o segundo um certificado de excelência, conforme adianta o Gabinete de Comunicação do Agrupamento de Escolas (AE) Dr. Serafim Leite em nota informativa enviada ao labor.

A prova de Nuno Castro consistia em criar uma aplicação móvel (em Android) para marcação de refeições e a de Gonçalo Oliveira uma aplicação para a gestão do Wordskills. De notar que, na sua categoria, estes estudantes sanjoanenses competiram com concorrentes a frequentar formação superior (CET e CESP), sendo os únicos que ainda estão no 12º ano, e que este “também foi um desafio particular para a escola porque foi a primeira vez que participou na competição, ao contrário da maioria das instituições presentes, já com larga experiência nestas andanças”.

Além disso, Nuno Castro foi o único aluno de uma escola secundária pública a subir ao pódio, uma vez que os restantes medalhados pertenciam à rede de escolas do IEFP (Instituto do Emprego e Formação Profissional), com alunos mais velhos e ex-alunos, já com muita experiência profissional na área, refere o texto recebido pelo nosso semanário, fazendo notar, ainda, que, durante os cinco dias de concurso, o ambiente foi extremamente competitivo, o que levou alguns dos participantes a cederem à tensão provocada pela dificuldade e exigência das provas. Aliás, “em algumas categorias, o júri optou mesmo por não atribuir todas as medalhas nem os certificados de excelência, porque as provas não atingiam índices mínimos de qualidade”.

Daí o AE vir por este meio salientar que “o feito alcançado pelos dois alunos da Serafim Leite é deveras assinalável e só a sua competência, empenho e tenacidade lhes permitiu alcançar estes resultados”. Felicita, ainda, “os dois alunos participantes, bem como a equipa docente que os acompanhou, professores Fátima Pais e João Paulo Barros”, incentivando estes últimos “a continuarem a aceitar desafios que possam conduzir à contínua melhoria da qualidade do ensino e à realização dos sonhos de todos os seus alunos”.

“Foi uma mais-valia para mim”

“Este campeonato foi uma mais-valia para mim, pois conheci pessoas novas nas mais diversas profissões, conheci uma cidade nova, testei os meus conhecimentos, obtive novos conhecimentos e fiquei com uma ideia mais precisa do mercado de trabalho na minha área”, afirmou Nuno Castro, segundo o qual “ter participado poderá influenciar-me no meu futuro, pois este concurso tornou-me um melhor profissional e também me fez perceber que teria de trabalhar mais para alcançar novos objetivos”.

Já para o colega, “esta foi uma experiência bastante vantajosa, em vários aspetos, visto que, durante a semana conheci uma nova cidade, fiz novas amizades e aumentei o meu conhecimento em diversas áreas”. “Apercebi-me também que ainda tenho bastante para aprender, que a gestão do tempo e a calma são muito importantes”, disse Gonçalo Oliveira, que, com esta participação, ficou com “uma ideia de como seria o meu trabalho no futuro” e aprendeu “a lidar com situações pouco favoráveis”. “Esta participação será uma mais-valia para o meu currículo, visto que este concurso é um evento de grande dimensão”, acrescentou.

Um campeonato com projeção nacional e internacional

O Campeonato Nacional das Profissões – SkillsPortugal é um evento de âmbito nacional, organizado pelo IEFP. Este ano, em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal, juntou mais de quatro centenas de jovens, entre os 17 e os 25 anos, em representação de 44 profissões, numa competição que decorreu em oito mil metros quadrados de oficinas, no Centro de Emprego e Formação Profissional de Setúbal.

Com estes campeonatos visa-se aferir a eficácia da formação profissional ministrada pelos diferentes operadores, e, simultaneamente, induzir fatores de crescente qualidade, inovação e criatividade nos processos de ensino-aprendizagem. Na fase de pré-seleção, que decorreu na escola, os alunos tiveram oito horas para realizar uma prova e deviam obter, pelo menos, 80% de pontuação, para passarem à fase regional, que decorreu em setembro. As provas foram corrigidas na escola, segundo critérios muito apertados determinados pela organização da prova, e enviadas para a entidade responsável pelo processo de seleção.

Os campeonatos têm lugar de dois em dois anos e reúnem os classificados com as melhores pontuações nas fases de pré-seleção, que disputam entre si o título de campeão nacional em cada profissão, ao mesmo tempo que são selecionados para o campeonato mundial das profissões, em que participam mais de cento e trinta países.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui