Esta semana 

É a primeira vez que o Cheque Veterinário atribuído pela Junta de Freguesia (JF) de S. João da Madeira vai ser utilizado. Segundo informações adiantadas ao labor pela freguesa Ana Couto e, entretanto, confirmadas pela JF, “esta semana vão ser esterilizadas quatro gatinhas de rua de uma colónia de gatos existente em Fundo de Vila”. Conforme referiu ao nosso jornal, foi a própria Ana Couto que se disponibilizou “para fazer a ligação entre a junta, as cuidadoras e as clínicas”.

Tendo em vista a implementação do Programa Nacional de Apoio à Saúde Veterinária para Animais de Companhia em Risco (PNASVACR), o Cheque Veterinário está disponível desde o início do ano para todas as famílias carenciadas da freguesia que não consigam pagar serviços de saúde animal, desde que “validadas segundo o índice de Segurança Social”. Além disso, contempla também casos como este, das “gatinhas de rua” que agora vão ser esterilizadas.

Falamos da “prestação de cuidados de saúde [por parte de Centros de Atendimento Médico-Veterinários que integram a rede Cheque Veterinário] aos animais em risco, nomeadamente no que se refere à vacinação, desparasitação e esterilização, bem como tratamentos médicos e de urgência 24 horas”, sendo que para o efeito, e para 2020, a JF tem orçamentados 1.500 euros.

A OMV (Ordem dos Médicos Veterinários) lançou o PNASVACR, mais conhecido como Cheque Veterinário, tendo como principal objetivo a criação de uma rede de cuidados primários médico veterinários para animais em risco, que permite dotar, neste caso, a Junta de Freguesia de S. João da Madeira com os instrumentos necessários para o cumprimento da legislação em vigor. O Cheque Veterinário é atribuído/emitido pela JF aos donos dos cães e/ou gatos por esta identificados e apenas pode ser usado numa das clínicas/hospitais aderentes. Os interessados devem deslocar-se à junta sanjoanense, nos Paços da Cultura, e fazer o respetivo requerimento.

Estima-se que, além da de S. João da Madeira, só haja mais uma junta no país que tenha aderido ao programa, sendo que as restantes parceiras são câmaras municipais, segundo informações adiantadas pela própria JF através de nota de imprensa remetida ao nosso jornalem janeiro passado.

No próximo dia 6, pelas 15h00, haverá uma sessão de esclarecimento sobre esta temática, nos Paços da Cultura.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here