AD Sanjoanense, 2 – CD Trofense, 2

Jogo no Estádio Conde Dias Garcia.

Árbitro: Gonçalo Carreira, auxiliado por Fábio Monteiro e David Domingos (AF Leiria).

AD Sanjoanense: Diogo Almeida, Ibrahim, Ruben, Daniel, Gil Barros, George (Juninho, 65’), Barbosa, Ricardo (Marcilio 92), Elder Santana, Paulino, Belkheir.

Suplentes: Rui Mota, Jota, Godinho, Marcílio, Juninho, Tiago Pinto, Bruno Amorim.

Treinador: Sérgio Machado.

CD Trofense: Cavadas, Edu, Materazzi, Bruno Almeida (Andrezo, 88’), Grenn (Niang, 77’), Mika, Filipe Augusto, Miguel Pereira, André Leão, Hélder Sousa (Ivo Lemos, 68’), Tiago Ronaldo.

Suplentes: Pedro Soares, Tiago Graça, Ivo lemos, Andrezzo, Pedro Rodrigues, Aboubakar, Niang.

Treinador: António Barbosa.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Mika (58’), Paulinho (58’), George (62’), Rúben (82’), Filipe Augusto (82’ e 90’). Cartão vermelho para Filipe Augusto (90’).

Ao intervalo: 1-1.

Marcha do marcador: 0-1 por Bruno Almeida (20’), 1-1 poe Belkheir (25’), 2-1 por Barbosa (53’), 2-2 por Materazzi (58’).

Depois do nulo em Canelas, a Sanjoanense voltou a dividir pontos no último fim de semana ao empatar em casa com o Trofense, um adversário que luta por sair dos lugares de despromoção. Mas com uma equipa reforçada, o conjunto visitante apresentou-se forte em S. João da Madeira e em nada facilitou o trabalho dos alvinegros. E foram mesmo os homens que viajaram da Trofa que entraram melhor na partida e aos 10 minutos era uma excelente intervenção de Diogo Almeida que mantinha o nulo no marcador. O aviso estava dado e já depois de Elder Santana ter tentado responder com um remate à meia volta que saiu ao lado surgia o golo dos visitantes, quando aos 20 minutos um forte remate de Bruno Almeida de fora da área só para no fundo das redes da baliza alvinegra.

A Sanjoanense não acusou a desvantagem e a reação dos locais não podia ter sido melhor e foi num contra-ataque que os alvinegros chegavam ao empate pouco depois. Numa investida pelo corredor esquerdo, Gil Barros, já perto da linha de fundo, cruza para a boca da baliza onde surge Belkheir a desviar para o golo da igualdade, resultado que se manteria até ao intervalo apesar de algum ascendente dos homens de Sérgio Machado.

Na segunda parte a Sanjoanense entrou com vontade de dar a volta ao marcador e não foi preciso esperar muito para se assistir à reviravolta. Com oito minutos de jogo, Barbosa, com um forte remate de fora da área, colocava os locais na liderança. Mas a vantagem foi de pouca dura. A resposta do Trofense não tardou, ainda que tenha surgido com o jogador em posição irregular, quando num livre à entrada da área, Materazzi, adiantado em relação à defensiva alvinegra, cabeceia para o segundo dos visitantes.

A Sanjoanense manteve o domínio da partida e já nos últimos minutos poderia ter feito o terceiro, mas Elder Santana não chegou a tempo para o desvio do cruzamento de Gil Barros.

Com este resultado a Sanjoanense voltou a perder terreno para os adversários diretos e ficou mais longe dos lugares de acesso ao play-off de promoção.

No próximo domingo os alvinegros deslocam-se a Amarante.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here