“Variações” foi o filme português mais visto de 2019e vai ser exibido hoje à noite, às 21h30, nos Paços da Cultura.

António Ribeiro, barbeiro e figura da noite lisboeta, viria a tornar-se, entre finais dos anos 70 e início da década de 80, numa figura do panorama musical português.

António Variações, que não tinha formação musical, concretizou o sonho de ser cantor e compositor, tornando-se num artista popular e original, que alcançou grande reconhecimento e visibilidade. Uma carreira fulgurante, interrompida pela sua morte precoce, em 1984, antes de completar 40 anos.

A longa-metragem “Variações” aborda esse processo de afirmação do artista que popularizou temas como “O Corpo é que Paga” ou “É p’ra Amanhã”. Além desse retrato, o título realizado por João Maia e protagonizado por Sérgio Praia constitui também uma homenagem a esse ícone da música portuguesa é uma inspiração para quem persegue os seus sonhos e procura transformar a sua vida.

Esta é mais uma sessão inserida no projeto “Cine S. João”, que, mensalmente, proporciona sessões de cinema gratuito em português ao publico da cidade e da região. A iniciativa é promovida pelo município sanjoanense, com curadoria do Cine Clube de Arouca e o apoio da associação sanjoanense APROJ.

Apesar de ter lotação esgotada, quem quiser pode arriscar e aparecer para ver se consegue algum bilhete gratuito devido à ausência de alguém que já o tinha reservado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...