Numa altura em que o número de infestados pelo Covid-19 em Portugal já ultrapassou a meia centena, o desporto também tem vindo a sofrer as consequências do surto, com as entidades responsáveis a tomarem medidas com o objetivo de reduzir o risco de contágio e consequente propagação do vírus.

São já vários os eventos e competições canceladas ou adiadas que afetam a atividade desportiva de S. João da Madeira. Como medida de prevenção, a Federação Portuguesa de Futebol determinou que todos os jogos nacionais seniores profissionais e não profissionais e de futsal decorrerão à porta fechada, enquanto nos escalões de formação a decisão recaiu na suspensão das provas nacionais de futebol e futsal. Medidas seguidas também pela Associação de Futebol de Aveiro (AFA) que suspendeu, até ao próximo dia 23 de março, a realização de todos os jogos oficiais de futebol, futsal e futebol de praia, bem como os treinos de todas as seleções distritais, do curso de treinadores, de ações de formação, e demais atividades em curso e sob sua organização. A entidade que tutela o futebol de Aveiro indicou ainda aos seus clubes associados que, durante o mesmo período, devem suspender toda a sua atividade desportiva.

A Associação de Patinagem de Aveiro, também decidiu suspender toda a atividade competitiva na sua área de jurisdição, enquanto a Federação Portuguesa de Patinagem cancelou algumas provas e optou por limitar a lotação dos pavilhões para os campeonatos nacionais seniores.

Já a Federação Portuguesa de Basquetebol determinou a realização dos jogos das competições seniores à porta fechada e suspensão das provas nacionais e regionais nos escalões de formação e de todas as atividades de minibasquete até 3 de abril.

No atletismo a associação aveirense responsável pela modalidade decidiu pelo cancelamento dos Campeonatos Nacionais de Corta Mato Longo, enquanto a Federação Portuguesa de Atletismo optou pelo adiamento dos Nacionais de Marcha Atlética em Estrada.

Decisões semelhantes foram adotadas pela Associação de Voleibol do Porto, onde compete a APROJ, que decidiu pela suspensão temporária de todas as atividades, tal como a Federação Portuguesa de Voleibol, que optou por manter as provas nacionais seniores, mas com realização das mesmas à porta fechada.

Todas estas medidas afetam toda a atividade desportiva em S. João da Madeira, sendo que a AD Sanjoanense, que é o clube mais representativo da cidade, suspendeu os treinos de todas as suas modalidades na formação.

Também o Andebolmania 2020, a maior competição desportiva da cidade, que iria decorrer entre 8 e 11 de abril, em S. João da Madeira, foi cancelado, com a organização a emitir um comunicado onde referem que, “de momento, não estão reunidas as condições de saúde necessárias” para a realização de um “torneio excelente e uma experiência única”.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here