O Mundo foi apanhado de surpresa com o novo coronavírus e as repercussões fazem-se sentir em todas as áreas, com o desporto a ser uma das grandes afetadas. São dezenas as provas ou competições canceladas ou suspensas nos vários países afetados pelo surto e Portugal faz parte da extensa lista. Tudo o que é competição regular encontra-se atualmente interrompida, enquanto que eventos pontuais acabaram adiados ou mesmo cancelados. Ao nível local o Andebolmania 2020, que é a maior competição desportiva de S. João da Madeira, que iria realizar-se entre 8 e 11 de abril, foi cancelado com a organização a emitir um comunicado onde refere “não estarem reunidas as condições de saúde necessárias para a realização de um torneio excelente e uma experiência única”. Mais a norte, o Braga Open de Ténis, agendado para 11 a 17 de maio, também foi cancelado, tal como os Campeonatos Internacionais de Portugal de Badminton (5 a 8 de março). Em Coimbra a decisão foi a mesma para a Taça da Europa de Judo de Juniores (14 e 15 de março) e para o Interdistrital de Natação (7 e 8 de março). Os desportos motorizados também se viram afetados. As provas de motocross foram canceladas ou adiadas, tal como os Treinos Velocidade 2020 (29 de março), o mesmo acontecendo no Todo-o-Terreno, com o Campeonato Nacional de Rally Raide Navegação (14 e 15 de março), o X Trophy TT Resistência e o Nacional de Trial, ambos agendados para 22 de março.

A 38.ª Volta ao Alentejo, que decorreria entre os dias 18 e 22 de março também foi cancelada, o mesmo acontecendo com a final do Algarve Cup 2020, entre a Alemanha e a Itália, já depois de alguns jogos realizados à porta fechada, devido à situação de emergência que se vive no país italiano e à consequente supressão de voos para aquele destino.

Tudo o que é competição federada nacional encontra-se atualmente suspensa em Portugal, enquanto que alguns eventos pontuais acabaram adiados, como a Meia Maratona de Lisboa, de Braga e a Taça de Europa de Lançamentos, que foram reagendadas para setembro. Já os Nacionais de Corta-mato, previstos para o passado dia 15 de março, em Vale de Cambra, foram cancelados, enquanto que os Europeus de Atletismo em pista coberta para veteranos acabou adiado para 2021.

Fora de Portugal são também dezenas as competições e eventos suspensos ou cancelados. Uma das maiores competições mundiais, o Campeonato da Europa de futebol, que iria arrancar a 12 de junho e que este ano teria como palco 12 cidades de diferentes países europeus, foi adiado para 2021. Os torneios jovens europeus de futebol da UEFA, que estavam previstos decorrerem entre os dias 14 de março e 14 de abril, também foram adiados, enquanto as competições europeias encontram-se suspensas, devido à pandemia de Covid-19. No basquetebol a FIBA (Federação Internacional de Basquetebol), que regula a modalidade ao nível mundial, decidiu interromper todas as competições, à semelhança do que também aconteceu nos Estados Unidos da América, que cancelaram os jogos da NBA em todo o território, tal como a Major League Soccer (MLS), o principal campeonato de futebol daquele país.

As competições europeias de voleibol também foram suspensas por tempo indeterminado, enquanto a Copa América foi adiada.

Nos desportos de velocidade a Fórmula 1 optou pelo cancelamento da prova inaugural da época, o Grande Prémio da Austrália, agendado para último fim de semana, e o adiamento das restantes corridas, enquanto a Fórmula E, dedicada aos veículos elétricos, decidiu suspender temporariamente a temporada 2019/2020. No MotoGP a organização alterou o calendário devido ao surto e depois da realização da primeira prova a 8 de março (apenas para Moto2 e Moto3), a competição está prevista regressar a 5 de abril.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui