De forma a dar resposta às necessidades dos trabalhadores de serviços essenciais, vão estar abertas as seguintes escolas do ensino básico de S. João da Madeira, uma por cada agrupamento, para acolher os seus filhos ou outros dependentes: EB do Espadanal (Agrupamento de Escolas Oliveira Júnior); EB Conde Dias Garcia (Agrupamento de Escolas João da Silva Correia); e EB do Parque (Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite).
Esta decisão do Município vai ao encontro do que determina o artigo 10.º do Decreto-lei n.º 10-A/2020 de 13 de março, que estabelece medidas excecionais e temporárias relativas à situação epidemiológica do novo coronavírus, prevendo-se o acolhimento dos filhos ou outros dependentes a cargo dos profissionais de saúde, das forças e serviços de segurança e de socorro, incluindo os bombeiros voluntários, e das forças armadas, dos trabalhadores dos serviços públicos essenciais, de gestão e manutenção de infraestruturas, bem como outros serviços considerados fundamentais.
Estes três estabelecimentos de ensino sanjoanenses fazem parte de um conjunto de 800 escolas que se encontram em funcionamento em todo o país.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here