Primeira vítima mortal por Covid-19 no concelho era utente do Lar Residencial da CERCI

0
1800

Em declarações ao labor, o presidente da direção da Cerci de S. João da Madeira confirmou que a primeira vítima mortal devido ao novo coronavírus no concelho era utente do Lar Residencial da instituição. Trata-se de um homem, de 62 anos, natural de Sever de Vouga e que “já tinha complicações de saúde”. Faleceu no passado domingo, dia 22, no Hospital de S. Sebastião onde estava internado já há alguns dias.
Ao nosso jornal, António Cunha adiantou ainda que, mal o utente deu entrada no Hospital de S. Sebastião e o teste à Covid-19 deu positivo, foram logo tomadas medidas, em articulação com a câmara municipal e o delegado de saúde. “Todas as pessoas que estiveram perto dele estão em quarentena e o lar está fechado com os oito utentes e as duas funcionárias”, avançou o responsável diretivo, acrescentando que também o edifício sede da Cerci se encontra encerrado desde a semana passada, à semelhança do que aconteceu com os estabelecimentos de ensino.

(em atualização)

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui