Para avaliar doentes com febre, tosse e falta de ar. Mas antes, quem tiver estes sintomas, deve ligar para as Linhas de Saúde 24 ou da ARS-N

Uma tenda de campanha do Exército Português foi montada durante a tarde de quinta-feira passada no Centro de Saúde de S. João da Madeira.

Desde o dia seguinte, 20 de março, que os utentes que tenham febre e sintomas respiratórios para serem avaliados, preferencialmente depois de terem contactado a Linha de Saúde 24, devem dirigir-se à entrada principal da unidade, onde está montada a tenda de campanha que tem “o propósito de aumentar a segurança na avaliação e orientação dos casos”, informou o Centro de Saúde através da sua página “USF (Unidade de Saúde Familiar) São João” na rede social Facebook, apelando às pessoas que tenham “sintomas ligeiros a moderados” para que “não saiam de casa sem ligar primeiro para a Linha de Saúde 24”, cuja chamada é gratuita.

Como alternativa, as pessoas que sintam sintomas de febre, tosse ou falta de ar podem ligar para a linha telefónica 220 411 190 criada pela Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N), através da qual serão atendidas por uma equipa médica que, caso valide a suspeita, encaminhará as mesmas para um centro de testes como o que foi instalado no Europarque (ver texto nesta edição).

Utentes sem sintomas devem dirigir-se à entrada na Rua dos Bombeiros Voluntários

Já os utentes que tenham de ir presencialmente ao Centro de Saúde, mas não apresentem febre ou sintomas respiratórios, devem dirigir-se à porta automática na Rua dos Bombeiros Voluntários junto à paragem de autocarros e à entrada da Santa Casa da Misericórdia.

Desta forma, estão criados circuitos completamente independentes para garantir a segurança de todos e minimizar o risco de contágio”, informou a unidade de saúde sanjoanense na mesma publicação.

Não é possível fazer testes COVID-19

O Centro de Saúde esclarece, na mesma publicação, que “não é possível fazer testes para a Covid-19” porque “não dispomos nesta fase de testes”. Contudo, “se tal se vier a alterar”, garante aos cidadãos que “serão informados”.

Diana Familiar

Para além disso, agradece ao Agrupamento de Centros de Saúde (AceS) Entre Douro e Vouga II – Aveiro Norte (do qual faz parte juntamente com os centros de saúde de Oliveira de Azeméis e de Vale de Cambra), à Equipa de Saúde Pública, a Normando Oliveira, coordenador municipal da Proteção Civil, e a Jorge Sequeira, presidente da câmara municipal, pelo facto de terem tornado “possível este objetivo”, entenda-se a montagem da tenda de campanha.

Acerca deste assunto, a Câmara Municipal de S. João da Madeira deu a conhecer que depois de lhe ter sido solicitada esta estrutura, através da Proteção Civil Municipal e em articulação com o Comando Distrital, contactou o Exército para fazer este pedido que foi “atendido de imediato”.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here