A câmara aprovou por unanimidade a adjudicação da concessão de exploração do Palacete dos Condes Dias Garcia ao concorrente HOTI STAR PORTUGAL HOTEIS, S.A, que tem acordo de cooperação com a Mélia Hotels International, em reunião realizada no dia 24 de março.

No que respeita à exploração do Palacete dos Condes Dias Garcia, “a Hoti vai pagar uma renda anual de 30.528,00 euros, no âmbito da recuperação do imóvel e da instalação de um estabelecimento hoteleiro de quatro estrelas, num investimento que deverá rondar os quatro milhões de euros”, segundo documento divulgado pelo gabinete do ministro de Estado, da Economia e Transição Digital.

De acordo com o Governo, este palacete, “construído na viragem do século XIX para o século XX, é um exemplar arquitetónico do ´estilo abrasileirado´ ou ´arquitetura dos brasileiros´, símbolo da afirmação e do prestígio pessoal e riqueza do seu proprietário, António Dias Garcia, natural de S. João da Madeira, que fez fortuna no Brasil”.
“Após o desaparecimento de António Dias Garcia nos anos 40 do século passado, o palacete funcionou como Instituto de Línguas, Centro de Formação da Indústria do Calçado, Liceu e Tribunal”, lê-se na comunicação sobre este que foi o 20º imóvel a ter concurso aberto para a concessão da sua exploração.
Ao fim de 30 anos desocupado, o Palacete dos Condes vai ser explorado pelo Hoti Stars Hotels durante 50 anos e a sua abertura como um hotel de quatro estrelas está prevista para meados de 2022.
Este é um dos 16 imóveis abrangidos pela segunda fase do REVIVE, representando um investimento total na recuperação de património público estimado em 129 milhões de euros, e rendas anuais que já ultrapassam os 2,4 milhões de euros.
Resultado de uma iniciativa conjunta das áreas governativas da Economia, Finanças e Cultura, com a colaboração das autarquias, o REVIVE integra atualmente um total de 49 imóveis, dos quais 21 se localizam em territórios do interior.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here