Como resposta de emergência à comunidade caso venha a ser necessário

 

A Proteção Civil Municipal, em conjunto com a Santa Casa da Misericórdia, iniciou na quinta-feira passada o processo de transformação do pavilhão desportivo escolar da Escola Secundária João da Silva Correia num espaço com 90 camas disponíveis para acolher idosos do Lar de São Manuel caso venha a ser sentida temporariamente essa necessidade.

Esta foi a “primeira resposta criada, articulada e pensada com a Santa Casa da Misericórdia para prevenir caso seja necessário retirar em termos generalizados os utentes para higienizar esse espaço”, explicou o presidente da câmara, Jorge Sequeira, durante a conferência de imprensa que deu sobre o ponto de situação de medidas adotadas pelo concelho como resposta ao surto de Covid-19.

Esta transformação envolveu recursos do próprio estabelecimento de ensino, da Santa Casa da Misericórdia, da câmara municipal, da Polícia de Segurança Pública e contou com a colaboração das empresas do setor da colchoaria Molaflex e Flexipol.

Já as segunda e terceira respostas foram criadas esta segunda-feira pela Proteção Civil Municipal com o apoio do Exército Português, através do Centro de Tropas de Operações Especiais de Lamego, ao colocarem 100 camas divididas pelos pavilhões desportivos Paulo Pinto e das Travessas para dar resposta a ocorrências e a necessidades da população relacionadas com a Covid-19.

Ao longo da conferência de imprensa, Jorge Sequeira agradeceu publicamente o duplo apoio do Exército Português prestado aos pedidos da Proteção Civil Municipal. Primeiro, através da tenda de campanha do exército instalada no Centro de Saúde que hoje é “um espaço de atendimento Covid-19”. Em segundo, pela colocação deuma centena de camas em dois espaços desportivos sanjoanenses.

Estes dois pavilhões desportivos estão preparados para dar resposta “a outras instituições, IPSS e outras ocorrências que possam vir a desenvolver-se no futuro”, esclareceu o presidente da câmara aos jornalistas.

Em cada uma destes três espaços foram criadas as reservas de camas, as pessoas têm acesso a casas de banho e balneários que permitem que façam a sua higiene pessoal e no caso de um deles pode ser acionado o uso da cantina escolar.

Em nenhum dos pavilhões desportivos adaptados como espaços de emergência de resposta à Covid-19, “temos previstos para já equipametnos médicos, mas se for necessário o primeiro passo já está dado, que é termos o local identificado”, considerou Jorge Sequeira.

Lar da Misericórdia sem infetados

Apesar de não ter sido registado nenhum utente ou funcionário infetado na Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira, “esta medida tem caráter preventivo, de forma a permitir uma resposta rápida e eficaz se o quadro atual na instituição se alterar, face à emergência de saúde pública da Covid-19”, esclareceu o Município através de uma publicação na sua página na rede social Facebook.

“Até agora está tudo bem e controlado” nas valências que se encontram em funcionamento na Santa Casa da Misericórdia, incluindo as do Centro Social de Fajões que foi adquirido pela instituição sanjoanense em 2018, assegurou esta terça-feira o diretor de serviços, Vítor Gonçalves, ao labor.

A mesma certeza foi dada pelo Provedor ao nosso jornal: “não temos casos em utentes e em colaboradores, temos implementadas as medidas de higiene e segurança superiormente dadas e temos estado com muito cuidado sobre uma eventual contaminação”. Pais Vieira aproveitou ainda para destacar que “as pessoas que trabalham na Misericórdia têm sido inexcedíveis no trabalho que estão a fazer”, durante a conversa que teve com o labor.

Operação de testes em lares ainda não chegou a S. João da Madeira

O Governo lançou, esta segunda-feira, uma operação preventiva da pandemia de Covid-19 em lares de idosos através da realização de testes de diagnóstico.

No início desta semana, os testes começaram a ser feitos em alguns concelhos do país, mas ainda foi contemplado S. João da Madeira, estando a ser dada prioridade  aqueles onde têm sido registados casos de infeção.

Até ao fecho da edição ainda não existia uma data definida para a realização destes testes no concelho sanjoannse, confirmaram o presidente da câmara Jorge Sequeira e o Provedor Pais Vieira ao labor.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here