Administrador do Golden Tulip é finalista em Prémios de Excelência na Hotelaria

S. João da Madeira

0
215

Já estão apurados os finalistas dos Xénios 2020 – Prémios de Excelência na Hotelaria cujos vencedores vão ser conhecidos no congresso da Associação dos Diretores de Hotéis de Portugal (ADHP) que decorrerá de 15 a 17 de outubro em Évora.

Entre os finalistas para o prémio de Melhor Diretor de Hotel está Luís Correia, administrador do Golden Tulip em S. João da Madeira e responsável do operacional Grupo Flagworld que tem 19 unidades hoteleiras em Portugal.

Luís Correia tem 43 anos, é natural da Vila de Cucujães, pertencente ao concelho de Oliveira de Azeméis, e trouxe a marca Golden Tulip para S. João da Madeira em 2017.

A estreia como finalista nos Prémios de Excelência na Hotelaria é “um reconhecimento do esforço, da dedicação e do trabalho que leva há 22 anos na área de direção e gestão hoteleira dentro e fora de Portugal”.

Em relação ao resultado dos prémios, “o bronze com certeza que trago para casa, mas o mais importante é o reconhecimento do Turismo em Portugal”, considerou Luís Correia ao nosso jornal.

Apesar de já ter recebido “vários prémios na área, várias condecorações de Municípios e instituições,” por onde passou, o administrador do Golden Tulip assume que “este é muito importante pois tem um relevo nacional”.

Hotel que vai nascer na Renato Araújo pertence ao mesmo grupo do Golden Tulip

Entretanto, o Grupo Flagworld, a que pertence o Golden Tulip, comprou em 2018 um terreno, entre as bombas de combustível Repsol e o Centro Cormercial 8ª Avenida, na Avenida Dr. Renato Araújo, em S. João da Madeira, com o intuito de “expandir outra marca que temos em hotelaria”, deu a conhecer Luís Correia.

Relembramos que o labor já tinha avançado em primeira mão, em dezembro de 2018, a notícia de que um novo hotel de três estrelas da cadeia hoteleira Campanile, na altura da Louvre Hotels, iria ser construído na cidade.

Há cerca de um ano que o Grupo Flagworld passou a assumir a responsabilidade de expansão da marca internacional Campanile em Portugal.

Neste momento, o projeto está na câmara com os projetos de especialidades entregues”, deu a conhecer Luís Correia ao labor.

O administrador do Golden Tulip revelou que “os planos passam por iniciar a construção no verão para que esteja pronto daqui a dois anos”, mas admitiu que “a pandemia veio baralhar um pouco as coisas”.

Ao que o labor apurou junto da câmara municipal, a aprovação final do projeto está dependente da correção de pequenos pormenores.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here