Sendo 25% de fora de S. João da Madeira

O lançamento do novo Balcão Virtual foi antecipado algumas semanas devido à evolução do surto da Covid-19 que levou ao encerramento ao público dos serviços da Câmara Municipal de S. João da Madeira, exceto em casos inadiáveis, tal como já anunciámos em edição anterior do labor.

Desde a sua abertura, na quinzena de março, 60 utilizadores registaram-se no novo Balcão Virtual, que está acessível no canto superior direito do site do Município (https://www.cm-sjm.pt/pt), dos quais cerca de 25% são de fora de S. João da Madeira, e efetuaram 10 pedidos no total de submissão online.

Ao longo da criação desta ferramenta digital, os técnicos da Divisão de Informática e de Modernização Administrativa colocaram-se no lugar do cidadão e quiseram criar uma plataforma de consulta quase que intuitiva. Para tal, dividiram o Balcão Virtual por áreas (Obras Particulares, Publicidade e Ocupação da Via Pública, Ação Social, Educação, Juventude e Desporto, Recursos Humanos, Limpeza e Ambiente, Planeamento e Ordenamento, Mobilidade e Transportes, Taxas e Licenças e Diversos), criaram cerca de 200 requerimentos que podem ser submetidos ao Município e possibilitaram a emissão de plantas de localização.

Qualquer cidadão, de S. João da Madeira ou de outro concelho, pode ter acesso às informações e aos requerimentos sem criar uma conta, mas para ter acesso a todas as funcionalidades precisa dessa autenticação. Depois do registo, o cidadão e as empresas têm acesso a todos os processos que têm com a Câmara Municipal de S. João da Madeira.

Este novo Balcão Virtual substitiu um outro “completamente ultrapassado que implicava a necessidade das pessoas se deslocarem à câmara presencialmente para recolher a senha de entrada nesse balcão”, relembrou Jorge Sequeira, durante a apresentação detalhada desta nova ferramenta digital, no dia 21 de abril, à comunicação social, que resulta de “um trabalho muito demorado que implicou conhecer, estudar e analisar o funcionamento de todos os serviços da câmara”.

O presidente da câmara pretende “divulgar ainda mais” o novo Balcão Virtual “no sentido de facilitar a vida das pessoas e de simplificar e acelerar os procedimentos da administração pública”. Para Jorge Sequeira, esta é “uma etapa fundamental do nosso Simplex Municipal” que tem sido executado pela câmara municipal através da abertura do Espaço Empresa na Oliva Creative Factory, da abertura dos serviços da câmara durante a hora de almoço e do envio das faturas das refeições escolares através de email para os encarregados de educação.

“O primeiro responsável efetivo pelo que aqui está é sem dúvida o executivo, enquanto técnicos limitamo-nos a seguir o que eram uma orientação e vontade muito grande do executivo”, afirmou a engenheira Paula Azevedo, Chefe de Divisão da Informática e de Modernização Administrativa, revelando que demorou “mais de um ano a preparação deste balcão” e que até chegarem à “estrutura que aqui está foi redesenhada duas ou três vezes porque isto para nós também é fruto de muita tentativa e erro”. Por isso, a estrutura do novo Balcão Virtual “nunca vai estar fechada”, concluiu Paula Azevedo.

O presidente da câmara aproveitou o momento para relembrar que, nos últimos dois anos, esta mesma equipa foi responsável pela criação do Portal da Transparência, que à semelhança do Balcão Virtual pode ser encontrado na parte superior direita do site do Município, da App Municipal e pela reformulação dos site da Câmara Municipal, da Casa da Criatividade e da Oliva Creative Factory. Na ótica de Jorge Sequeira, todos estes acontecimentos demonstram que “num tempo recorde aconteceu uma verdadeira revolução digital no Município de S. João da Madeira”.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here