Intervenção contará com 192 mil euros de fundos europeus 

 

A melhoria da rede pedonal concelhia é o objetivo de um projeto da câmara municipal cuja concretização, no valor global de cerca de 260 mil euros, contará com comparticipação europeia, no âmbito do FEDER. O Município, segundo nota de imprensa camarária recebida pelo labor, já recebeu a informação da aprovação da candidatura no âmbito do programa “+Acesso” do Portugal 2020, assegurando um financiamento comunitário de 192 mil euros. 

Recorde-se que, tal como o nosso jornal já noticiou em edições anteriores, através deste investimento, a autarquia irá reforçar a aposta que tem feito na promoção da acessibilidade inclusiva no concelho, que está também na base da empreitada “Cidade Inclusiva”, atualmente em curso e que contempla intervenções em mais de 50 passadeiras para peões.

Este novo projeto permitirá alargar esse tipo de intervenções na rede pedonal, designadamente através da construção, alargamento e rebaixamento de passeios, eliminação de estrangulamentos, constituição e relocalização de passagens pedonais, aplicação de pisos tácteis nos pavimentos, melhoria da sinalização vertical e horizontal e instalação de marcadores de pavimento solares.

Dessa forma, e como é referido na candidatura que agora obteve “luz verde”, contribui-se para o “desenvolvimento de um ambiente urbano mais inclusivo, que assegura acessibilidades físicas mais equitativas para todos”.

Em concreto, o projeto promove a “continuidade dos percursos e as condições de conforto e segurança nas deslocações em meio urbano”, impulsionando “uma mobilidade mais inclusiva, através da eliminação de barreiras aos utilizadores mais vulneráveis”. 

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here