Voltar a haver aulas presenciais para os 11º e 12º anos e reabrir as crechesjá em maio são duas das ambições do Governo, tornadas públicas pelo primeiro-ministro no debate da renovação do estado de emergência. Concretamente sobre a reabertura das creches, António Costa defendeu, na ocasião, que estas são “fundamentais para apoiar famílias, evitar perda de rendimento ou esforço acrescido no teletrabalho”.

Interpelado sobre esta possibilidade pelo labor, o diretor de serviços da Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira disse tratar-se de “uma decisão da tutela”, “que acataremos”.   “A Misericórdia tem por missão prestar serviços de apoio às famílias e à comunidade pelo que estamos prontos para acolher as crianças nas nossas creches”, afirmou Vítor Gonçalves, acrescentando que, para já, desconhecem “a data precisa em que acontecerá a reabertura destas respostas sociais bem como eventuais condicionalismos que a tutela estabeleça para essa reabertura”.

Misericórdia disponível para também reabrir o pré-escolar

Ainda a propósito, o responsável pela Santa Casa sanjoanense adiantou que “também estamos prontos para reabrir os estabelecimentos de ensino pré-escolar e gostaríamos de o fazer na mesma ocasião”. Porque, como justificou, “pela nossa parte, os desafios colocados na creche serão similares ao pré-escolar quanto a cuidados de higiene, distanciamento social, equipamento de proteção de funcionários, entre outros”.

Por sua vez, o diretor do Centro de Educação Integral (CEI), também questionado acerca do assunto pelo nosso jornal, referiu que, primeiramente, “deve ser observada a saúde de todos (crianças, pais e funcionários). Joaquim Valente admitiu ter “dúvidas que, por muitos cuidados que se tenha, se consiga 100% de cuidado” e quanto ao facto de as famílias acreditarem “na segurança, apesar de fazermos o nosso melhor”.

Na sua opinião, “é importante encontrar-se o equilíbrio e todos fazermos o que estiver ao nosso alcance”. “Vamos ver… Se todos formos responsáveis e levarmos tudo muito a sério, pode ser que corra bem sem grandes riscos”, concluiu.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here