S. João da Madeira passou a ter uma Equipa para a Igualdade na Vida Local, constituída por oito pessoas, entre as quais o autarca Jorge Sequeira, que procedeu à nomeação dos elementos desta estrutura, por despacho datado desta terça-feira, 5 de maio, conforme avança nota de imprensa dirigida ao labor. 

Esta nomeação decorre do protocolo de cooperação para a igualdade e a não discriminação assinado,  no dia 4 de junho de 2019, entre a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género e o Município, em cuja cláusula 5ª se estabelecia a necessidade de constituição de uma Equipa para a Igualdade na Vida Local, composta por cinco a 10 pessoas.

Assim, essa estrutura é constituída pelos seguintes elementos presidente da câmara municipal; Conselheira interna para a Igualdade, vereadora Paula Gaio; conselheiro externo para a Igualdade, Carlos Silva, diretor técnico da Associação de Jovens Ecos Urbanos e presidente da Mesa do Conselho Geral da EAPN Portugal – Rede Europeia Anti-Probreza, núcleo de Aveiro; chefe da Divisão de Ação Social e Inclusão, Célia Silva; chefe da Divisão Jurídica e de Recursos Humanos, Diana Bulhosa; chefe de Divisão da Educação, Nelson Costa; investigadora da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto na área da Igualdade de Género, Alexandra Oliveira; representante de ONG com intervenção nos domínios da Estratégia Nacional para a Igualdade e Não Discriminação, Joana Correia, diretora do Centro Humanitário da Cruz Vermelha de S. João da Madeira.

Como se destaca no despacho do chefe do executivo municipal, as autarquias locais, pela sua proximidade com as populações, configuram-se como “entidades privilegiadas para a concretização de ações e medidas que tenham como objetivo a promoção da política da igualdade de género e de oportunidades”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...