Com a Associação Desportiva Sanjoanense a ocupar o oitavo lugar do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão de Hóquei em Patins no momento da suspensão da prova, o clube alvinegro é um dos que está apurado para a Taça World Skate Europe (WSE), juntamente com Óquei de Barcelos, Braga, Turquel e Riba d’Ave. Ainda que alcançado de forma prematura, este é mais um feito histórico para o clube alvinegro, que em 1986 conquistou uma Taça das Taças ao vencer, na final, a equipa do Sporting, mas a presença na próxima edição da competição europeia não deverá passar de um sonho. “Sei que as pessoas estão entusiasmadas com esta situação, mas têm de descer à terra. Muitos não têm noção das dificuldades que passamos para manter a porta do clube aberta. Se já temos dificuldades só para entrar no campeonato nacional quanto mais numa prova europeia”, refere Pedro Ribeiro, que muito embora não descarte essa possibilidade admite que “a Sanjoanense dificilmente estará lá”. “O apuramento está garantido por direito, mas temos de ter os pés bem assentes na terra”, refere o dirigente, sublinhando os enormes custos que a presença numa prova desta dimensão implica para o clube, que para além das dificuldades financeiras habituais deverá ver a situação agravar-se devido ao momento que se vive. “Nós não temos condições para isso a não se que consigamos apoios, mas nesta fase não podemos pensar nisso. Não podemos sobrecarregar a autarquia e as empresas que nos ajudam”, explica o dirigente, admitindo que “é preciso reconhecer as limitações do clube”. “Não podemos hipotecar o futuro do hóquei em patins da Sanjoanense para participar numa aventura desta dimensão”, acrescenta.

A opinião é partilhada pelo treinador alvinegro Vítor Pereira, que apesar de admitir que gostaria de ver a Sanjoanense marcar presença nesta competição destaca a necessidade de ser ponderado e realista face aos custos financeiros. “Se às vezes já temos dificuldades no campeonato nacional, não podemos andar a queimar baterias numa prova europeia”, frisa.

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here