No último sábado, a turma do 3º ano da EB1/JI de Casaldelo apresentou em videoconferência, na plataforma TEAMS, os trabalhos realizados durante o terceiro período no âmbito de um projeto de programação em E@D (ensino à distância).

Segundo texto remetido ao labor,tudo começou no passado dia 2 de abril, com o “batismo em programação” na EB1/JI de Casaldelo. Este estabelecimento de ensino de S. João da Madeira, consciente das competências do aluno do século XXI e dos benefícios da aprendizagem de programação em idades jovens, abraçou e envolveu os alunos nesta aventura tecnológica. “Ser capaz de resolver problemas complexos, ter pensamento crítico, ser criativo, saber gerir, coordenar-se com os outros, ser capaz de tomar decisões foram as competências desenvolvidas nas atividades propostas”.

Nesta fase em que a Escola vive o E@D, o domínio das competências digitais é essencial para uma efetiva comunicação e produção de conteúdos.

“Happy Code” foi a escola de programação que proporcionou esta oportunidade

Ainda de acordo com a nota informativa recebida pelo nosso jornal, a “Happy Code” foi a escola de programação que proporcionou às crianças esta oportunidade de abertura ao mundo da programação.

A aventura começou com o apreender das fases da construção de um jogo no espaço. A escolha dos cenários, dos protagonistas e dos obstáculos foi a primeira etapa vencida. Atribuir ações a cada um dos protagonistas revelou-se uma mais-valia para que cada aluno entendesse que esta fase é essencial no jogo. As várias combinações de ações desenvolveram o raciocínio matemático, o raciocínio lógico e a capacidade de problematizar e de construir soluções. Ver o efeito destas ações no jogo foi uma descoberta aliciante. A ansiedade de chegar ao final da criação do jogo e jogar revelou-se um fator de maior envolvimento e de querer continuar.

O entusiasmo na criação do seu próprio jogo, ser autor/criador de um jogo, foi sem dúvida a maior revelação e o grande objetivo da maioria dos alunos.

Os jogos criados, apresentados e partilhados, no passado dia 4 de julho, em videoconferência reuniu uma vez mais pais, filhos e restante comunidade educativa. “Foi um momento de excelência que nos enche de orgulho. A evolução dos alunos no domínio das tecnologias foi evidente. A destreza da partilha de ecrã, o cumprimento das regras numa videoconferência, as intervenções e apresentações revelaram um enorme crescimento pessoal e social”, refere o texto enviado pela turma, no qual ainda é feito um agradecimento a toda a equipa da “Happy Code”, em especial à professora Nilza. Aliás, os alunos agradecem com um “obrigado do tamanho dos nossos sonhos”.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here