Os alunos Bruno Dylan, Diogo Resende, Jorge Correia e Nuno Castro, criadores da aplicação (app) Sandspace, foram recebidos pelo presidente da câmara, Jorge Sequeira, e pela vereadora da Divisão de Educação, Irene Guimarães.

Acompanhados pela professora Fátima Pais e pela diretora do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite, Anabela Brandão, os estudantes explicaram o processo que levou à concretização desta ideia, recentemente premiada numa das maiores competições mundiais de aplicações, a “Apps for Good UK”.

Desenvolvida em apenas quatro dias por estes alunos do 12º ano do curso técnico-profissional de Programação, da Escola Dr. Serafim Leite, a app Sandspace permite monitorizar a taxa de ocupação das 865 praias nacionais, do continente e das ilhas, permitindo aos utilizadores decidir qual praia devem frequentar de acordo com a lotação prevista, no âmbito das medidas de combate à propagação da pandemia da Covid-19.

Na ocasião, segundo nota de imprensa remetida ao labor, o autarca transmitiu aos alunos o quanto o Município está reconhecido e orgulhoso do trabalho que desenvolveram, cujo o impacto internacional “projetou imenso o nome de S. João da Madeira e o nome da Escola Dr. Serafim Leite, uma das escolas mais antigas da nossa cidade”.

O edil sanjoanense destacou ainda o mérito inquestionável desta app móvel, agradecendo o papel que a escola e os professores tiveram “ao conseguir estimular o Bruno, o Diogo, o Jorge e o Nuno a terem esta ideia e a desenvolverem-na em prol da comunidade”. Esta aplicação é gratuita e o seu descarregamento já está disponível para dispositivos móveis.

A receção decorreu no Salão Nobre do Fórum Municipal, onde os alunos tiveram a oportunidade de visitar a sala de sessões da Assembleia Municipal e a sala de reuniões do executivo. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...