Vejam lá de que é capaz, o Homo Sapiens de agora,

P´ra distração do “viroso”, inventou novos prazeres;

Descobriu que p´ra aguçar os apetites na hora,

Numa cozinha, a cultura lá estaria nas colheres…

 

Nunca em tempos de outros tempos se recordou que um prato,

Mais requintado que outros, fosse uma das soluções,

Que entretivesse o Sapiens a viver um tempo chato

Achasse um novo horizonte com estoutras opções…

 

Programas do dia a dia: de hora a hora vamos vendo,

Qual será o mais redundante, falo deles e falo delas

Novos “Chefs” e os Michelins, a disputa está crescendo,

Num sem fim a nosso gosto, entre tachos e panelas.

 

“Distração” que é malvista, vislumbram-se mais calorias,

que aumentam o espaço da engorda, no confinado “viroso”

chega a 10 quilos a mais, em quem já de euforias

pelo garfo e pela faca já enchia o papo guloso.

DR

Flores Santos Leite

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here