Ana Rodrigues é um dos 24 elementos que vão representar Portugal, de 14 a 16 de agosto, no Open de Natação Pura Loulé 2020, competição que marca o arranque da nova época desportiva.

Pouco mais de um mês depois de ter regressado aos treinos, após a interrupção de toda a atividades desportiva na sequência da pandemia de Covid-19, a nadadora da Associação Desportiva Sanjoanense confessa que as expetativas desportivas não são elevadas para esta prova que vai decorrer nas Piscinas Municipais de Loulé e que também já tem confirmada a presença das Seleções Olímpicas de Espanha e Brasil. “Não tenho objetivos muito altos. Claro que quero ver como estou. Tenho alguma curiosidade para saber como a prova vai correr, mas vou sem expetativas”, refere a atleta, sublinhando que tenta ser “realista”, no que diz respeito à obtenção de recordes. “Não me sinto mal na água, mas não levo isso em mente”, acrescenta Ana Rodrigues, que admite que o último mês de treino, o primeiro após a paragem forçada, “serviu para voltar ao ponto de realizar alguns tempos que eram conseguidos com alguma facilidade”. E depois de vários meses sem nadar a atleta reconhece que “foi bastante complicado voltar a entrar no ritmo”, mas confessa que as “saudades da competição” já se faziam sentir, ainda que o regresso implique algumas limitações. “Não vai ser um cenário em que estamos no nosso melhor, nem iremos bater os nossos recordes pessoais, mas vai saber bem esta experiência competitiva e o regresso à rotina daquilo que gostamos de fazer”, explica Ana Rodrigues, sublinhando que esta chamada à Seleção Nacional é um “reconhecimento” pelo trabalho que tem vindo a fazer.

Para Luís Vargas, presidente da Associação Desportiva Sanjoanense, a convocatória “peca por tardia”, mas destaca o “espírito de sacrifício” de Ana Rodrigues, que tem estado na base do seu sucesso. “Vai ultrapassar e conseguir os seus objetivos. Estou confiante que consegue chegar aos Jogos Olímpicos”, frisa o dirigente.

Ana Rodrigues faz parte da equipa feminina da Seleção Olímpica que vai estar presente em Loulé, juntamente com Ana Catarina Monteiro, Ana Sousa, Camila Rebelo, Diana Durães, Francisca Martins, Inês Henriques, Rafaela Azevedo, Raquel Pereira, Rita Frischnecht, Tamila Holub e Victoria Kaminskaya. Para a equipa masculina a Federação Portuguesa de Natação convocou Aléxis Santos, Bruno Ramos, Diogo Carvalho, Francisco Quintas, Francisco Santos, Gabriel Lopes, João Vital, João Costa, José Lopes, Miguel Nascimento, Tomás Veloso e Tomás Lopes.

De sublinhar a presença de 33 nadadores da Seleção Olímpica de Espanha, com destaque para a participação de Mireia Belmonte, medalha de ouro nos 200 metros mariposa na última edição dos Jogos Olímpicos.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here