Saudação A câmara aprovou por unanimidade um voto de saudação a João Mário Lopes, futebolista de S. João da Madeira, que se sagrou campeão nacional enquanto atleta do Futebol Clube do Porto. A ideia desta proposta partiu da vereadora da Divisão de Desporto, Rosário Gestosa, e foi apresentada, na passada terça-feira, pelo presidente da câmara, Jorge Sequeira. A coligação PSD/CDS-PP associou-se a este gesto de reconhecimento público.

Máscaras Também em sede de executivo municipal foi aprovada por unanimidade a venda de máscaras por um preço unitário de 0,60 euros (IVA incluído) aos visitantes dos museus da Chapelaria e do Calçado e ainda do Centro de Arte Oliva tendo em vista o cumprimento das medidas de prevenção contra a propagação da Covid-19. “A disponibilização deste artigo ao público servirá como meio de apoio ao visitante/utente que, por necessidade imediata, se veja forçado a adquirir uma máscara nova ou a fazer a substituição da existente”, como se pode ler na proposta deliberada.

Transmissão Esta última reunião de câmara começou com um atraso de cerca de meia hora devido a “problemas técnicos” relacionados com a sua transmissão em direto através do YouTube. Paulo Cavaleiro (PSD/CDS-PP) aproveitou este facto para lembrar o executivo que, quando fizeram uma proposta no sentido da transmissão online, “dissemos que estas reuniões devem ter a qualidade necessária”. “Há outras formas de fazer isso se quisermos valorizar as reuniões” e que “não me parece que seja um investimento tão grande”, prosseguiu o vereador da oposição, para quem “se [neste momento] há uma câmara fixa e está só a filmar no geral não é uma solução igual para todos”.

Impugnação A maioria do executivo municipal julgou “improcedente” a impugnação administrativa da decisão de adjudicação ao Meo do concurso público da “SJM Iluminação Eco Eficiente” apresentada pela Cunha Bastos, Lda.. Esta empresa “não cumpriu as regras” por ter apresentado os documentos bilingues, para análise do júri, quando a norma não aceita “documentos bilingues ainda que uma das línguas seja o Português”.

A coligação PSD/CDS-PP, que disse não ter acompanhado “o processo”, absteve-se, considerando “isto” “um ato de gestão da câmara”

 

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here