Não deixando assim cair no esquecimento a ilustração num ano em que não se realiza o encontro

A Junta de Freguesia de S. João da Madeira não vai realizar o Encontro Internacional de Ilustração de 2020 nos moldes tradicionais devido ao “clima de instabilidade” provocado pela pandemia em que “ninguém sabe o que vai acontecer daqui para a frente”, anunciou a presidente Helena Couto.

A criação do concurso “Lápis Ilustrado” foi a forma encontrada para não deixar cair no esquecimento a ilustração e o encontro que todos os anos traz um número considerável de artistas portugueses e estrangeiros à cidade sanjoanense. “Achamos que não devíamos deixar passar em branco a ilustração”, esclareceu Helena Couto durante a apresentação deste que considera ser um “concurso diferente”, esta terça-feira de manhã, aos jornalistas.

O concurso “Lápis Ilustrado” é dirigido ao público em geral, residente ou não residente em Portugal, e o “Lápis Escolar” a todas as escolas públicas do ensino básico sanjoanenses, podendo cada um dos participantes concorrer uma única vez e com um único exemplar original que poderá ser reproduzido pela empresa sanjoanense Viarco que, para além de ser parceira deste concurso e dos encontros de ilustração, também é a única produtora de lápis na Península Ibérica.

A “grande e aliciante novidade” deste concurso, em comparação com os anteriores associados ao Encontro de Ilustração, está no facto de “termos pela primeira vez prémios monetários” nesta que é “uma fase em que todas as pessoas ligadas à cultura e à arte sentiram dificuldades em ter trabalho efetivo”, destacou Helena Couto.

No concurso “Lápis Ilustrado”, o primeiro premiado vai receber 1.500 euros, o segundo 1.000 e o terceiro 500. Já no concurso “Lápis Escolar” o primeiro prémio vai ter o valor de 300 euros, o segundo de 200 e o terceiro de 100.

As inscrições online abriram ontem, dia 2 de setembro, e podem ser entregues até às 17h00 do dia 30 de outubro.

As condições e as formas de participação neste concurso podem ser consultadas no regulamento disponível no site www.ilustracaosjm.pte na página da rede social Facebook www.facebook.com/encontroilustracaosjm.

Até ao dia 11 de novembro vão ser escolhidos os 25 finalistas cujos trabalhos deverão ser apresentados através da inauguração de uma exposição na galeria dos Paços da Cultura com anúncio dos premiados do concurso de ilustração se assim as regras de segurança impostas pela autoridade de saúde no combate à Covid-19 o permitirem. O design do concurso é da autoria de Ana Vieira que é prestadora de serviços na junta de freguesia sanjoanense.

Concerto Ilustrado poderá ser presencial ou online

Uma das marcas do Encontro de Ilustração é o Concerto Ilustrado que será realizado, mas “em termos completamente diferentes”, adiantou Helena Couto. Se for possível vai ser realizado um concerto com limitação do número de pessoas, se não for será gravado e transmitido através dos meios digitais. Até ao momento ainda não são conhecidos o artista e o ilustrador, escolhidos pela Associação Cultural Luís Lima, que darão vida a este momento cultural.

Encontro de Ilustração poderá ser antecipado para maio devido às eleições

“Para o ano é ano de eleições e para evitar o que aconteceu há dois mandatos anteriores na transmissão de testemunho, estamos com ideia de fazer o encontro mais cedo, em maio”, equacionou a presidente da junta de freguesia.

Relembramos que o Encontro de Ilustração de 2013 foi pensado e concretizado por Carlos Coelho, ex-presidente da junta de freguesia eleito pelo PSD, quando tinha perdido o cargo para Helena Couto eleita pelo PS.

Caixas da EDP vão ser ilustradas

DF

Entretanto, a Junta de Freguesia de S. João da Madeira vai iniciar o processo de ilustração de, pelo menos, cinco caixas da EDP até ao fim do ano. As caixas já foram devidamente identificadas e autorizadas pela EDP a ser ilustradas, restando agora as respostas às propostas feitas a várias pessoas que poderão vir a ser contratadas para executar estes trabalhos, deu a conhecer a presidente Helena Couto.

Loja com produtos sanjoanenses nos Paços

DF

A junta de freguesia sanjoanense vai ainda abrir uma loja com produtos tipicamente sanjoanenses onde já funcionou o espaço internet nos Paços da Cultura.

Quem por lá passar poderá ver e comprar chapéus, lápis da Viarco, materiais produzidos nos encontros de ilustração, malas feitas com os restos de feltro dos chapéus produzidas há muitos anos pela Dona Júlia, catálogos do Centro de Arte, entre outros.

A abertura da loja está prevista para o fim de setembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...