Jogo 1 – AD Sanjoanense, 17-Póvoa AC, 20

Jogo no Pavilhão Gimnodesportivo da Nazaré.

Árbitros: Daniel Freitas e César Carvalho.

AD Sanjoanense: Ricardo Gaspar, Lucas Santana, David Ferreira, Francisco Silva, Miguel Cortinhas, Lourenço Santos, Guilherme Novo, Tiago Antunes, Bruno Ferreira, Ricardo Pinho, Pedro Pires, Jefferson Bastos, Rui Sousa, Danilo Vasques, Bruno Saurin, Anderson Silva.

Treinador Nuno Silva.

Póvoa AC: Alexandre Magalhães, Humberto Gomes, Alan Dieigon, António Ventura, André Caldas, Pedro Cruz, Rui Lourenço, Tiago Teixeira, Roberto Ferreira, Manuel Lima, Vasco Areias, Manuel Sousa, Tiago Rodrigues, João Santos, José Rolo, Rares Fodorean.

Treinador: Jorge Carvalho.

Ao intervalo (7-6).

Sem público nas bancadas, mas com a ambição de garantir a subida de divisão, a Sanjoanense chegava à Nazaré focada no objetivo e o primeiro teste dos alvinegros foi logo no primeiro jogo da liguilha defrontando a forte equipa do Póvoa. Num encontro onde ambos os guarda-redes estiveram em destaque, apesar do equilíbrio dentro das quatro linhas, nomeadamente em termos defensivos, seria o conjunto de Nuno Silva a chegar ao intervalo em vantagem no marcador, ainda que de apenas um golo (7-6).

Na segunda parte os alvinegros entraram bem e pareciam querer consolidar a liderança, chegando a ter uma vantagem de dois golos (10-8), mas o Póvoa não tardou a reagir e depois de uma igualdade a 12 golos assumia a liderança no marcador, posição que nunca mais perdeu até ao final do encontro, tendo mesmo, a determinada altura, conseguido quatro golos de diferença (18-14).

Neste encontro, Lourenço Santos esteve em destaque do lado da Sanjoanense, com sete golos apontados, mais dois que o colega de equipa Bruno Castro (5 golos), enquanto na equipa do Póvoa Rui Lourenço foi o melhor marcador, também com sete golos.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here