O Comando Territorial de Aveiro da GNR, através do Destacamento de Trânsito de S. João da Madeira, efetuou, no dia 18 de setembro, um transporte urgente de órgão, entre a Base Aérea Militar de Maceda (Aeródromo de Manobra Nº1) em Ovar e o Centro Hospitalar de S. João no Porto.

Apesar de ter de fazer o trajeto com urgência, a patrulha que iniciou a deslocação às 2h10, garantiu sempre a segurança dos demais utentes da via e conseguiu entregar o órgão à equipa médica do Hospital de São João.

O transporte do órgão em causa foi solicitado pelo Gabinete Coordenador de Colheita e Transplante.

“Nesta missão, por regra, a GNR é contactada pela Unidade de Saúde que detém o órgão a ser transportado, e despacha de imediato uma patrulha que se desloca até ao local de recolha, transportando o órgão nas exigidas condições térmicas até ao seu destino”, explicou o Comando Distrital de Aveiro, em comunicado enviado ao labor.

No mesmo, salienta que “a qualidade e a segurança da transplantação de órgãos dependem do tempo necessário para o seu transporte, competindo assim à GNR, e em respeito das condições de segurança, chegar ao destino no menor tempo possível, contribuindo deste modo para o salvamento de mais uma vida”.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here