O último fim de semana será inesquecível para o Dínamo Sanjoanense que, pela primeira vez na história do clube, vai competir no principal escalão nacional de futsal. Na Prova de Acesso à Liga Placard, que juntou 11 equipas, a coletividade de S. João da Madeira foi uma das vencedoras da terceira eliminatória e garantiu uma das duas vagas disponíveis, juntando-se ao Caxinas na subida à 1.ª Divisão Nacional da modalidade. Paulo Moreira, presidente do Dínamo Sanjoanense, admite que ainda está a “tentar assimilar este feito”, e não esconde o “orgulho” por tudo o que fez “em prol do clube”, sublinhando, no entanto, que o patamar agora alcançado foi resultado do trabalho conjunto de toda a direção, atletas, treinadores e staff. “Acho que o Dínamo merecia, pelo menos, experimentar a 1.ª Divisão”, refere o dirigente, que vê, assim, cumprido o objetivo definido para a época 2019/2020 e que acabou cancelada devido à pandemia.

A nova temporada arranca a 3 de outubro com o Dínamo Sanjoanense já entre os grandes do futsal nacional, prova onde o dirigente espera que a coletividade possa “crescer e aprender”, mas a permanência no escalão máximo da modalidade é o principal objetivo. “Vamos dar o nosso melhor para garantir a manutenção”, assegura Paulo Moreira, que se mostra confiante na qualidade da equipa para enfrentar uma divisão mais exigente e competitiva. “Para mim são os melhores jogadores do país”, frisa, sublinhando que “são estes que proporcionaram ao clube a possibilidade de subir à Liga Placard”. Ideia que Luís Almeida também defende. Em declarações ao Canal 11, o técnico do Dínamo Sanjoanense espera que a equipa tenha “capacidade de adaptação a uma nova realidade” e aponta como objetivo a manutenção. “Dentro das nossas possibilidades e do que projetamos, vamos fazer com que esta equipa, que se apresentou nestes dois jogos de forma exemplar, cresça e desfrute da 1.ª Liga, mas, acima de tudo, aprenda a estar num espaço novo e que isso seja suficiente para nos mantermos por lá e de forma sustentável”, explicou o treinador. “Vamos com muita expetativa e vamos criar alguns objetivos que serão alcançados porque tenho muita confiança neste grupo de rapazes”, assume o técnico, que define o Dínamo como um clube “humilde e pequenino”, mas com gente com “uma capacidade incrível de resiliência e de trabalho”, tal como a cidade que representa.

A estreia do Dínamo Sanjoanense na Liga Placard acontece a 3 de outubro com a coletividade a deslocar-se a Pataias, no concelho de Alcobaça, para defrontar o Burinhosa.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here