Breves da Assembleia Municipal

0
90

Pesar A Assembleia Municipal aprovou por unanimidade um voto de pesar pelo falecimento de Laura Pires, esposa de Paulo Cavaleiro, vereador da coligação PSD/CDS-PP na Câmara Municipal de S. João da Madeira. Enquanto filha, mãe, esposa e mulher dedicada a causas políticas e sociais, Laura Pires “tinha muito para dar de si em prol da sua família e da comunidade”, destacou Clara Reis, presidente da Assembleia Municipal, em nome de todas as bancadas.

Louvor O deputado socialista Leonardo Martins apresentou três votos de louvor pelas conquistas desportivas do Andebol Sénior da Associação Desportiva Sanjoanense (ADS), do Futebol de Salão Sénior do Dínamo Sanjoanense e do Hóquei em Patins Sénior da ADS que vai disputar as competições europeias da modalidade. O deputado social-democrata Gonçalo Fernandes também apresentou dois votos de louvor pelas conquistas do Andebol da ADS e do Futsal do Dínamo. Apesar dos votos terem todos o mesmo sentido, foram votados um a um e aprovados por unanimidade. Todas estas conquistas também mereceram a saudação do deputado Jorge Cortez em nome da CDU.

Assalto O deputado Jorge Cortez demonstrou, em nome da CDU, “preocupação pelo falecimento de uma jovem de 23 anos por bala de tiro. Espero que as autoridades policiais e judiciais consigam apurar as responsabilidades deste caso”. Os suspeitos do assalto a um carro estacionado na Avenida do Vale, em S. João da Madeira, na madrugada do dia 24 de setembro, foram abordados pela polícia, tendo resistido à detenção por parte das autoridades. Ao longo desta abordagem, os polícias dispararam tiros, tendo alegadamente um deles atingido um dos ocupantes da viatura em fuga, que acabou por ser deixado pelo companheiro no hospital sanjoanense, onde acabaria por morrer.

Hospital O deputado da Coligação Democrática Unitária, Jorge Cortez, revelou ainda ter “preocupações sobre a forma como está a funcionar o Hospital de S. João da Madeira”, dando como exemplo “o ar condicionado que não funciona nas melhores condições”. O presidente da câmara, Jorge Sequeira, disse não ter “conhecimento de problemas com o ar condicionado”, mas que iria dar esta informação ao presidente do Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga.

Hortas A criação de divisórias nas Hortas Comunitárias, na Rua Vale do Vouga, para travar a entrada de intrusos que têm levado os produtos cultivados pelos responsáveis por estes espaços foi sugerido ao executivo socialista pelo deputado social democrata Paulo Barreira.

De acordo com este elemento da coligação PSD/CDS-PP, “nos últimos tempos as Hortas Comunitárias têm sofrido da mão alheia”. O presidente da câmara, Jorge Sequeira, assumiu “transmitir a informação à PSP para verificar a dimensão dos problemas”.

Inundações O deputado Paulo Barreira também sugeriu ao executivo socialista criar um Plano Regular de Limpeza das Sarjetas para evitar as inundações que costumam acontecer em períodos de muita chuva. “Além de ser preventivo, evita inundações, principalmente no outono e no inverno”, afirmou o deputado da coligação PSD/CDS-PP, assumindo que “todos temos responsabilidade de prevenir e apelar aos munícipes para a colocação de resíduos nos locais apropriados” para evitar o entupimento das sarjetas com lixo. Para esclarecer este assunto, o presidente da câmara, Jorge Sequeira, recorreu ao que foi transmitido pelos técnicos. “A razão da saturação da rede de águas pluviais não se prende com o entupimento, mas com a dimensão da rede e os elevados níveis de pluviosidade”, explicou Jorge Sequeira, dando como exemplo uma zona junto ao Centro Comercial 8ª Avenida que costumava ficar completamente inundada – não pelo entupimento das sarjetas, mas pelas características da rede – que foi alvo de “uma intervenção para resolver o problema”. Esta é uma razão que não implica a falta de limpeza por parte dos cidadãos e da câmara. Neste último caso, a quantidade de folhas recolhidas, especialmente durante o período da sua queda, é “brutal”, descreveu Jorge Sequeira.

Promessas O ponto de situação de algumas promessas eleitorais feitas pelos socialistas foi pedido por Manuel Almeida, deputado da coligação PSD/CDS-PP, na Assembleia Municipal. A saber, o estado do desenvolvimento da zona do Roupal para a criação de habitação, a construção da Casa da Memória, a construção das novas piscinas e dos novos courts de ténis e a revitalização da Linha do Vale do Vouga com ligação ao Porto. Em relação à zona do Roupal, “iremos anunciar medida de planeamento antes do fim do mandato”. Para as novas piscinas estão “a estudar fontes de financiamento”, mas “não desistimos deste processo”, afirmou o presidente da câmara. Já o projeto para os novos courts de ténis e de padel está a ser ultimado. A Casa da Memória está a ganhar vida com a recolha de testemunhos de pessoas e de objetos ligados à história de S. João da Madeira que aconteceu através da iniciativa “Dias da Memória”. A requalificação da Linha do Vouga continua a ser um tema que é levado ao Governo, tendo sido falado pela última vez entre a câmara municipal e o sanjoanense Nuno Freitas, presidente da CP, deu a conhecer Jorge Sequeira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...