Um dos associados vai participar na prova Ironman Cascais e pretende vender cada quilómetro pelo simbólico valor de 10 euros

 

Um herói sem capa e superpoderes é assim que a Associação Cultural Luís Lima descreve Jorge Machado, que vai participar no dia 7 de novembro na prova Ironman em Cascais.

Este “homem de aço” vai conciliar este esforço com a angariação de fundos para a associação sanjoanense que nasceu em 2005 em homenagem a Luís Lima, vítima de uma doença oncológica, através da realização do Festival Party Sleep Repeat cujas receitas têm revertido para causas sociais, nomeadamente para apoiar famílias com dificuldades económicas e para a Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Num ano em que a pandemia a impediu de recorrer ao festival para arrecadar uma receita que reverte para apoiar causas sociais, a Associação Cultural Luís Lima (ACLL) acabou por ser surpreendida por esta ação “tão nobre” deste associado, descreve a própria em comunicado enviado ao labor.

O objetivo de Jorge Machado é “vender cada quilómetro percorrido na prova pelo valor simbólico de 10 euros, doando a totalidade das receitas apuradas à ACLL”. “Qualquer quilómetro extra angariado, o atleta compromete-se a cumpri-lo, seja a nadar, pedalar ou correr, sem armaduras ou poderes especiais, apenas pela amizade com um propósito maior”, esclarece a associação sanjoanense.

Para Jorge Machado, 226 quilómetros – 3,8 de natação, 180 de bicicleta e 42,2 de corrida – “não parecem suficientes se não tiverem um objetivo maior”, concluiu a ACLL.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here