Alvinegros perdem terreno em Valongo

Campeonato Nacional da 1.ª Divisão de Hóquei em Patins

0
26

AD Valongo, 3 – AD Sanjoanense, 1

Jogo no Pavilhão Municipal de Valongo.

Árbitros: Porfírio Fernandes (AP Porto) e Pedro Miguel Sousa (AP Porto).

AD Valongo: Ricardo Silva, Nuno Araújo, Rafael Bessa, Nuno Santos, Diogo Abreu.

Suplentes: Bernardo Mendes, Hugo Barata, Guilherme Silva, Carlos Ramos, Diogo Barata.

Treinador: Edo Bosch.

AD Sanjoanense: Tiago Freitas, João Lima, Xavier Cardoso, Hugo Santos, Pedro Cerqueira.

Suplentes: Marco Lopes, Alex Mount, Tiago Almeida, Pedro Rego, Facundo Navarro.

Treinador: Vítor Pereira.

Ao intervalo: 1-0.

Marcha do marcador: 1-0 por Nuno Araújo (19’), 2-0 por Carlos Ramos (30’), 3-0 por Nuno Araújo (37’ LD), 3-1 por Tiago Almeida (38’).

Faltas: AD Valongo, 9 | AD Sanjoanense, 13.

Depois de uma vitória e um empate, a Sanjoanense somou, em Valongo, a primeira derrota da época e perdeu terreno na tabela classificativa, caindo para a oitava posição.

Com um início equilibrado, ainda que tenham surgido algumas situações de perigo de parte a parte, foi preciso esperar para os últimos seis minutos da primeira parte para o marcador entrar em funcionamento com o Valongo a colocar-se em vantagem. Num ataque dos alvinegros os locais recuperam e com um arranque em velocidade, que apanhou a defensiva visitante descompensada deixando a equipa de Edo Bosch em vantagem numérica, é Nuno Araújo, a passe de Diogo Barata, que finaliza para o golo inaugural, resultado que se manteria até ao intervalo.

A Sanjoanense teve oportunidade para chegar à igualdade praticamente no arranque da segunda parte ao beneficiar de uma grande penalidade, mas no confronto direto Ricardo Silva levou a melhor sobre Pedro Cerqueira, que na recarga voltou a não conseguir bater o guardião da casa.

Não marcaram os visitantes marcava a formação local quando aos cinco minutos de jogo Carlos Ramos, a passe de Nuno Araújo, surge frente a Tiago Freitas e com uma “picadinha”, eleva a contagem para os 2-0.

Os alvinegros tentaram reagir mas seria o Valongo a chegar novamente ao golo num lance de bola parada, com Nuno Araújo, aos 12 minutos, a converter um livre direto a castigar a décima falta dos homens de Vítor Pereira. Abalada pela desvantagem, mas sem baixar os braços, a resposta da Sanjoanense surgia no minuto seguinte por intermédio de Tiago Almeida, que depois de um primeiro remate tenta a emenda e já em desequilíbrio bate Ricardo Silva, fixando o resultado final a meio da etapa complementar, apesar de algumas oportunidades que até ao final foram surgindo para ambos os lados.

A 17 de outubro a Sanjoanense cumpre a quarta jornada recebendo a formação do HC Os Tigres.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here