Apesar da chuva que caiu e de se terem feito sentir “algumas rajadas de vento”, tanto na segunda-feira como na terça-feira passadas, “a  ‘Bárbara’ não quis nada connosco”, disse o coordenador municipal de proteção civil ao labor, referindo-se à depressão meteorológica que no início da semana pôs parte do país em alerta.

Em S. João da Madeira, a “Bárbara” acabou, pois, por se revelar mais branda “do que era expectável”, não tendo causado vítimas nem “danos de maior”. 

Em declarações ao nosso jornal, Normando Oliveira falou apenas na queda de alguns ramos de árvores e de uma árvore no Parque Municipal Ferreira de Castro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...