Câmara prevê ligar iluminação natalícia a 20 de novembro 

 

Se correr conforme o previsto, a iluminação de Natal é ligada em S. João da Madeira a 20 de novembro, mais cedo do que tem sido habitual. E tudo por causa da Covid-19.

“Esta antecipação é uma forma de apoio ao comércio da cidade nesta altura difícil devido à pandemia”, justificou o gabinete de comunicação do Município ao labor, acrescentando que o valor gasto em luzes é o mesmo do ano passado. Ou seja, 70 mil euros mais IVA.

Avenida do Brasil na lista dos arruamentos iluminados

O que não é a mesma que em 2019 é a área da cidade iluminada. “Será maior”, adiantou a câmara, concretizando que vão ser contemplados pela iluminação natalícia “mais de 35 arruamentos, passando a incluir a Avenida do Brasil e do troço da Avenida da Liberdade entre o Lugar da Ponte e a entrada nascente da cidade”. “Haverá mais uma dezena de locais e fachadas iluminadas”, completou, anunciando ainda como novidade “uma árvore gigante, com cerca de 11 metros”, cujo local onde vai ser colocada “ainda não está definido”.

Associação Comercial não se pronuncia sobre iluminação…

Contrariamente ao que era habitual, desde 2018, e com este executivo municipal, a Associação Comercial de S. João da Madeira (ACSJM) não é ouvida sobre a iluminação natalícia. E, assim sendo, “nada temos a dizer acerca do assunto”, disse o seu presidente quando interpelado pelo nosso jornal, não obstante reconhecer que as luzes de Natal, sobretudo nesta fase de pandemia que se vive, ajudam a animar o espírito de comerciantes e clientes.

… e vai fazer promoção natalícia online

Paulo Barreira não quis falar sobre a iluminação em concreto, mas fez questão de avançar ao nosso semanário que “a Associação Comercial está a preparar animação de Natal digital para os comerciantes” que quiserem aderir a esta sua iniciativa.

Para começar, o tradicional Concurso de Montras de Natal vai ser online, com a transmissão nas redes sociais de vídeos das montras e de produtos dos estabelecimentos comerciais concorrentes. E a própria votação será feita através da internet.

Para além disso, a ACSJM está a pensar, mediante a adesão dos seus associados, fazer diretos também nas redes sociais. “Diretos, por exemplos, de desfiles de moda a partir de casas de roupa ou de calçado”, exemplificou o responsável.

Mais informações podem ser obtidas através do email acsjmgeral@gmail.com.

 

Associação Comercial promove inquérito sobre a Covid-19 

É já a partir desta semana que a Associação Comercial de S. João da Madeira (ACSJM) começa a fazer um inquérito aos comerciantes do comércio de rua. A ideia é avaliar o impacto da Covid-19 nos seus negócios.

Segundo o presidente Paulo Barreira, uma colaboradora da ACSJM vai passar por alguns estabelecimentos comerciais e questionar os seus responsáveis sobre, por exemplo, “quais as consequências financeiras até ao momento?”, “quais os receios?”, “o que a cidade e a própria Associação Comercial podem fazer para ajudar?”, etc..

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here