Jorge Sequeira ainda não honrou o compromisso feito a Rita Mendes, da CDU – Coligação Democrática Unitária, numa sessão da Assembleia Municipal, no sentido de um acesso condigno ao Serviço Local de Atendimento de S. João da Madeira da Segurança Social, sobretudo para pessoas com mobilidade reduzida. Mas, segundo o próprio, há uma razão para isso.

Em resposta a Paulo Cavaleiro (coligação PSD/CDS-PP), que o confrontou nesta última reunião de câmara com esta promessa por cumprir, o autarca adiantou que, devido à pandemia, se encontra “suspensa” uma “avaliação” tendo em vista “a mudança de local daquela ‘loja’”, mas que “muito brevemente voltaremos a esse assunto”.

De acordo com Jorge Sequeira, “fizemos contactos, fizemos até visitas com o diretor da Segurança Social de Aveiro para estudar uma locação diferente daquele serviço, que ainda está em ponderação e análise”.

Ao que o labor conseguiu apurar junto de uma fonte ligada ao processo, a Segurança Social, atualmente situada na Avenida Dr. Renato Araújo, poderá passar para as antigas instalações da junta de freguesia, no Fórum Municipal.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here