Penacova acolheu no passado dia 11 de outubro o Penacova Trail do Centro, competição onde o sanjoanense Agostinho Costa, que atualmente compete pelo Núcleo de Atletismo de Cucujães (NAC), depois de 20 anos a envergar as cores do Fundo de Vila, conquistou o primeiro lugar na distância mais longa (43 km) no escalão M60.

Organizado pela Carlos Sá Nature Events, em parceria com a autarquia local, a prova, dividida em duas vertentes competitivas (17 km e 43 km), decorreu sob fortes medidas de segurança com as partidas a realizarem-se em séries de 10 atletas espaçadas por intervalos de um minuto, sendo obrigatório o uso de máscara nos primeiros 300 metros do percurso até que houvesse distanciamento entre os participantes

Agostinho Costa optou por participar na distância mais longa, sendo a partida dada logo pela manhã na praia fluvial do Reconquinho, com o atleta sanjoanense a deparar-se com uma prova bastante exigente, com um sobe e desce constante contribuindo para os 2.500 metros de desnível acumulado na vertente dos 43 quilómetros. Sem pensar em euforias, e onde a gestão do desgaste físico se revelava fundamental numa prova com esta exigência, o atleta assumia como objetivo a presença no pódio mas focado na conquista do primeiro lugar do seu escalão. Apesar da dureza da competição e do cansaço que se fazia sentir, levando os atletas aos seus limites de superação, Agostinho Costa atingiu o objetivo principal e com o tempo de 05h46m38s venceu o escalão M60 e garantiu o 37.º lugar da geral, de um total de 152 atletas que cortaram a linha de meta. Eduardo Meireles, da Saca Trilhos Anadia, foi segundo classificado (06h06m26s), enquanto Fernando Oliveira, em representação da equipa Trilhos do Costume, fechou o pódio (06h47m10s). Guilherme Lourenço, a competir a título individual, foi o grande vencedor do Ultra Trail 43km (04h17m08s), seguido de Agostinho Reis (04h27m25s) e Sérgio Sá (04h34m42s), na segunda e terceira posições, respetivamente. Já no Trail Curto 17km a vitória coube a Rui Figueiredo, da Trail Bela Bela, com o tempo de 01h26m45.

De sublinhar que 15 dias antes Agostinho Costa tinha vencido a Corrida das Vindimas, em Castelo de Paiva, na distância de 15 quilómetros.

Conhecedor de provas de trail a nível nacional, somando várias medalhas no seu escalão, com destaque para vários títulos nacionais na vertente de corrida em montanha, o atleta sanjoanense tem realizado a sua preparação nas serras de Romariz e outras circundantes à freguesia.

“O trail running é um tipo de corrida bastante diferente da pista e da estrada”, explica Agostinho Costa, sublinhando que os percursos por onde passam as provas de trail “podem e devem incluir trilhos técnicos, muitas vezes inacessíveis de outra forma, sem ser a pé”. “Zonas montanhosas com grandes declives, subidas de pequenos riachos, com fundos rochosos e com pouca água, subida de pedras, entre outros tipos de piso com terrenos acidentados, é tudo isto e muito mais que se encontram neste tipo de provas. Por vezes a tecnicidade e dureza do trail running impede que os atletas consigam correr, tendo que caminhar, saltar e subir pedras”, concluiu o atleta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...