Em reação à conferência de imprensa da coligação PSD/CDS-PP, o presidente da câmara fez questão de, no próprio dia, elencar aquilo que chamou de “aspetos relevantes do investimento privado captado no atual mandato”.

Jorge Sequeira começou por fazer uma comparação: “De 2008 até 2017, entrou na câmara e foi concluído um processo de construção de habitação coletiva”, enquanto “no atual mandato, entraram 17 pedidos de construção de habitação coletiva, sendo que seis estão já em execução”. Prosseguiu, repetindo o que já tinha dito na conferência que deu na semana passada sobre o investimento privado em S. João da Madeira. O valor deste “ascende a cerca de 60 milhões de euros, contabilizando a construção ou requalificação de empresas e de projetos já aprovados”. Aliás, “um dos empreendimentos em construção é uma incubadora privada na zona da Oliva, mas há muitos outros” (ver caixa).

Já sobre a Zona Industrial das Travessas em concreto, chamou à atenção para que, “quando tomámos posse, nem um projeto de licenciamento tinha avançado, devido a uma questão jurídica que bloqueava há vários anos o aproveitamento dos novos lotes”. Problema que resolveram “logo em 2018”, tendo se iniciado, “de imediato”, “as vendas de lotes” e começado “a entrar na câmara os projetos de licenciamento”. De acordo com o autarca, dos 10 lotes do Município, foram já vendidos sete, com construções já concluídas, em curso ou com processo de licenciamento em aprovação.

A propósito do setor hoteleiro, o autarca destacou que a edilidade acabou de assinar o contrato de concessão que se consubstancia num investimento de cerca de sete milhões de euros no concelho, tendo em vista a criação de um hotel no Palacete dos Condes. Para além disso, lembrou que “vai ainda nascer uma outra unidade hoteleira na Avenida Dr. Renato Araújo”.

Acerca do comércio, Jorge Sequeira falou ainda da instalação de uma loja Mercadona em S. João da Madeira e da aprovação do projeto do supermercado ALDI. Por último, e relativamente a desporto, deu nota da abertura de “novos ginásios” na cidade.

 

 

Investimentos privados concluídos ou em curso

 

O Município adiantou ao labor o nome de algumas empresas com investimentos recentemente concluídos ou que estão em curso em S. João da Madeira. A saber: ERT Têxtil Portugal, Mercadona, Faurecia, Creative Systems, Centrodial, Cartonagem Trindade e MGA Componentes para Calçado.

 

 

Centrodial constrói instalações na Rua Visconde 

 

No que diz respeito à área da saúde, Jorge Sequeira referiu, como um dos investimentos privados em S. João da Madeira, “o novo edifício na Rua Visconde para aí funcionar uma clínica de hemodiálise”.

DR

Ao que o labor conseguiu apurar, entretanto, junto do gabinete de comunicação camarário, este “novo edifício”  está a ser construído pela Centrodial  – Centro de Hemodialise, S.A“relativamente próximo do Parque de Nossa Senhora dos Milagres”.

De referir que esta unidade de diálise privada já tem instalações na cidade, na Rua do Vale do Vouga.

 Até ao fecho da presente edição, e apesar de inúmeras tentativas, o nosso jornal não conseguiu confirmar junto do promotor nem da câmara se se trata de uma mudança de instalações da clínica ou de um reforço das já existentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...